Você está aqui:Home » Dicas » Idiomas » Aprender Japonês: 12 sites para você aprender o idioma de graça

Aprender Japonês: 12 sites para você aprender o idioma de graça

Olá, leitor(a)!

O desejo de aprender japonês pode estar ligado a interesses profissionais ou pessoais. Assim, envolve desde os apaixonados pela cultura nipônica, que veem a oportunidade de acessar os produtos japoneses facilmente, até aqueles que querem trabalhar e estudar no país asiático, cuja economia é uma das maiores do mundo, apresenta um potente mercado tecnológico e um sistema de ensino estruturado.

No entanto, para aprender japonês, é preciso dedicação e esforço, além de boas ferramentas de estudo. Por isso, sugerimos alguns métodos e sites. Confira!

Aprender japonês pelo básico

É importante ressaltar que o melhor método de estudo é aquele que te ajuda a aprender mais rápido. Portanto, o que traremos aqui é um guia, uma sugestão, para facilitar seu aprendizado. Dito isso, vamos prosseguir.

Existem divergências sobre qual é a melhor estratégia a seguir para começar a aprender. Isso acontece por causa do Romaji, transcrição fonética da língua japonesa para o alfabeto latino.

Apesar de este método ter sido desenvolvido para facilitar a assimilação da língua, tornando-a mais próxima do estudante ocidental, muitos professores entendem que ao utilizar o Romaji, o aluno acaba não aprendendo de verdade.

O mais recomendado, portanto, é focar seus esforços nos sistemas de escrita utilizados pelos próprios japoneses, que são o Hiragana e o Katakana.

Para ter o primeiro contato com esses alfabetos, você pode consultar as tabelas de cada um. O Canal do Ensino também já fez um artigo que pode te ajudar a estudar e aprender japonês com mais facilidade.

Comece sempre pelo vocabulário

Uma das etapas mais importantes para aprender é ampliar seu vocabulário no idioma. A leitura e a audição de novas palavras são essenciais para esse processo.

Não tente decorar: busque compreender o significado das palavras. Isso fará com que você consiga lembrar com mais facilidade.

Também é muito importante conhecer os verbos, para entender a criação e junção das frases.

Gramática é a próxima parada

Agora é hora de aumentar um pouco a dificuldade do aprendizado, pois a gramática japonesa pode ser trabalhosa, já que as conjugações verbais, a posição das palavras e a colocação das partículas são muito diferentes das formas usadas no português.

O alfabeto japonês não é difícil de ser entendido, porém existem muitas variáveis, o que pode complicar as coisas. Se você precisa saber a tradução de algo, evite tradutores automáticos, pois eles são campeões em erros.

Entenda a importância do Kanji

Assim como o Hiragana e o Katakana, o Kanji é um sistema de escrita, talvez o mais importante deles. A formação de um texto em japonês se dá pelo uso de Hiragana, Katakana e Kanji, sendo este o mais usado. Pode parecer confuso, mas compreendendo essas questões, seu estudo se tornará mais fácil.

É fundamental conhecer os principais Kanjis. Para fortalecer esse aprendizado, confira o artigo do Canal do Ensino com uma lista de 10 livros para aprender japonês.

Sites gratuitos para aprender japonês

Fonte: Reprodução

10 dicas para aprender japonês mais rápido

Agora que você já sabe por onde começar, aproveite essas 10 dicas essenciais para todo estudante empenhado em aprender japonês!

1 – Leia mangás

Depois que você aprender o básico sobre  Hiragana e Katakana, leia mangás japoneses.

Essa dica é importante, pois a escrita e a linguagem usadas nesse tipo de arte são as mesmas que os japoneses utilizam em seu cotidiano. Existem sites especializados na venda de mangás japoneses, como é o caso da Amazon.

2 – Utilize um plugin específico

Os navegadores Firefox e Chrome disponibilizam um plugin que aprimora a leitura de páginas em japonês. Para o Firefox, você deve instalar o Plugin Rikaichan, já para o Chrome, procure pelo Rikaikun.

3 – Acompanhe canais especializados

No YouTube, você encontra vários  canais especializados em ajudar os estudantes da língua nipônica. Além disso, existe uma plataforma chamada NicoNico, que é japonesa e permite uma imersão profunda no idioma.

4 – Leia notícias

Adquira o hábito de acompanhar noticiários em japonês. A maioria dos telejornais faz uso da linguagem popular, chamada de Furigana, ou seja, são de fácil entendimento.

5 – Conheça nativos pela internet

Existem sites especializados em trocas de experiências entre japoneses e estudantes deste idioma. Aprender japonês não precisa ser difícil, então encontre amigos que possam oferecer intercâmbios multiculturais.

6 – Ouça músicas

O mercado de música japonesa tem se expandido de forma significativa nos últimos tempos. Use essa oportunidade para  ampliar seus conhecimentos em japonês.

Entretanto, quando estiver escutando uma música, evite acompanhá-la com a letra em Romaji. Acompanhe em Kanji, pois irá facilitar a assimilação da fala com a escrita.

7 – Traga o Japão para seus jogos

Quer forma melhor de aprender japonês do que jogando videogame? Isso mesmo, opte por jogos em japonês ou altere o idioma e as legendas dos diálogos.

8 – Troque o idioma dos dispositivos

Quer elevar um pouco o grau de dificuldade? Mude o idioma do seu smartphone para  japonês. Mas, só faça isso se você tiver um conhecimento sólido na língua, pois existe o risco de você não conseguir voltar para o idioma padrão.

9 – Use Anki

O Anki é um aplicativo de memorização usado para auxiliar o estudante de japonês. Por meio desse recurso, você faz uma revisão do que aprendeu especialmente desenvolvida para o seu perfil.

10 – Veja cinema japonês

Seja em filmes de ação, comédia, drama ou mesmo terror, traga o cinema japonês para seus estudos. O áudio é fundamental para te ajudar na assimilação de novas palavras.

Conheça 12 sites gratuitos para aprender japonês

Com o conhecimento inicial e as dicas de estudo, faltam apenas os sites que vão firmar o aprendizado. Então, conheça a seguir 12 sites para aprender japonês de graça. Confira!

1 – Site oficial da rádio japonesa NHK

Esse site é interessante para quem está começando no idioma. Parecido com um curso, o conteúdo é apresentado em lições com áudios, exercícios e explicações completas, totalizando quase 50 aulas.

2 – Desafio de Erin pela Japan Foundation

Esse site é referência para quem estuda japonês. Por meio de um curso interativo, o aluno conta com:

  • Diálogo básico;
  • Diálogo avançado;
  • Frases importantes;
  • Ampliação de vocabulário;
  • Mais de 25 lições completas.

Além de todo esse conteúdo, há a possibilidade de aprender japonês realizando atividades lúdicas.

3 – Aulas de Japonês

Este site conta com conteúdos desenvolvidos pelo professor Luiz Rafael, disponibilizando textos simples e de fácil entendimento.

O estudante também encontra:

  • Aprendizado do japonês com música;
  • Curiosidades sobre a cultura japonesa;
  • Interpretação de frases;
  • Estudo das partículas que formam a escrita;
  • Estudo de expressões específicas;
  • Leitura e foco no sistema Kanji;
  • Apresentação de sinônimos.

4 – GanbarouZe – Gramática japonesa

Como o próprio nome indica, este site é especializado na gramática japonesa, possuindo cerca de 50 lições e 2 suplementos específicos.

O primeiro suplemento é focado no teste de proficiência em japonês, imprescindível para quem busca se certificar como falante. Já o segundo é direcionado para o aprendizado de mais de 10 mil palavras.

5 – Plataforma LingQ

Além de oferecer o conteúdo necessário para o estudante aprender japonês, essa plataforma disponibiliza ainda outros 13 idiomas, como espanhol, francês, alemão, chinês e russo. O aluno pode realizar ações como:

  • Descobrir e salvar novas palavras;
  • Escutar podcasts, audiolivros e entrevistas;
  • Importar conteúdo da internet;
  • Realizar conversas simultâneas com falantes nativos;
  • Criar amizades na comunidade da plataforma.

6 – My Language Exchange

Essa plataforma funciona como uma rede social, na qual você pratica o idioma com um parceiro de estudo. Ao acessar,  você indica sua língua nativa e escolhe a idade e o país no qual deseja encontrar seu colega.  A rede My Language Exchange conta com 3 milhões de usuários espalhados em mais de 175 países.

7 – Como aprender japonês

Este site oferece cursos sobre os aspectos mais importantes para aprender a falar japonês. Além de estudar os verbos, você terá contato com:

  • Caligrafia japonesa;
  • Símbolos japoneses do Jouyou Kanji ( lista de ideogramas oficializada pelo governo japonês);
  • Dicas do idioma;
  • Vocabulário japonês;
  • Técnicas de aprendizado acelerado.

8 – Guide to Japanese (Guia para o Japonês)

Apesar de a plataforma ser totalmente em inglês, é possível interagir com o conteúdo. No site, o estudante encontra os seguintes tópicos:

  • Guia completo sobre japonês;
  • Guia para a gramática japonesa;
  • Aprenda os alfabetos japoneses: Hiragana e Katakana;
  • Aprenda o vocabulário com Kanji;
  • Pratique escutando, lendo, falando e escrevendo;
  • Aprenda a utilizar diversas ferramentas online como dicionário.

9 – Japanese Lesson (Lição japonesa)

Outro site completamente em inglês, o Japanese Lessons é simples e didático. Com métodos de memorização, o estudante consegue reter mais palavras e aumentar seu vocabulário.

10 – My Languages

É possível contar com conteúdos sobre vocabulário, partículas, leitura, negação, alfabeto, frases, advérbios, pronomes, verbos e  outras categorias que fortalecem o aprendizado de quem está começando.

11 – Easy Japanese (Japonês fácil)

Por meio da utilização de recursos como flashcards e quizzes, o estudante entra em contato com os sistemas de escrita Hiragana e Katakana e aprende o básico da gramática.

12 – Dicionário Jisho

O Jisho é um dicionário de japonês online e confiável que ajuda no entendimento e na memorização das palavras.

Apesar de o site estar em inglês, os significados são apresentados em português. Assim, você encontra detalhes importantes sobre vocabulário, gramática e sistemas de escrita.

Concluindo…

Esperamos ter mostrado dicas úteis sobre como começar a estudar japonês e, principalmente, sites apropriados para fortalecer seu aprendizado. Japonês é um idioma que, por ser completamente diferente das línguas latinas a que estamos acostumados, demanda dedicação e empenho.

Para aprender ainda mais, acompanhe esses outros artigos do Canal do Ensino:

Ficou com dúvidas? Deixe nos comentários e iremos ajudá-lo.

Bons estudos e até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo