Você está aqui:Home » Dicas » Eventos e Palestras » Alertas para prevenir e detectar precocemente o câncer

Alertas para prevenir e detectar precocemente o câncer

Olá pessoal!

No Dia Mundial do Câncer (4 de fevereiro), o Projeto “De Peito Aberto – a autoestima da mulher com câncer de mama, uma abordagem humanista” por meio do IDVH – Instituto de Desenvolvimento e Valorização Humana alia-se à FEMAMA – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, instituição a que o IDVH é filiado, em uma ação de mobilização nacional em várias regiões do país encaminhando ofício para secretários estaduais e municipais de saúde de todo país com o objetivo de sensibilizar e aumentar o engajamento por parte do poder público para as principais questões que envolvam a criação de políticas com foco no acesso igualitário ao tratamento de câncer de mama avançado.

Na Cidade de São Paulo o ofício elaborado pela FEMAMA será entregue pelos autores do Projeto “De Peito Aberto – a autoestima da mulher com cancer de mama, uma abordagem humanista”, Vera Golik e Hugo Lenzi, e pelos representantes do IDVH – Instituto de Desenvolvimento e Valorização Humana em nome da FEMAMA senhor Secretário de Saúde do Município Dr. José de Filippi Júnior, em audiência às 17h do dia 04/02, na sede da Secretaria de Saúde do Município de São Paulo. O documento, além de relatar as condições de tratamento e as dificuldades que as pacientes com câncer de mama avançado enfrentam, pedirá mais atenção à causa, pedindo que o poder público se mobilize para que as pacientes possam receber os medicamentos e o tratamento adequados e que sejam tratadas com o máximo de dignidade.

O Dia Mundial do Câncer, promovido pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC), traz este ano entre seus pilares para melhorar a luta global contra a doença a necessidade de promover o tratamento para todos e ampliar a qualidade de vida dos pacientes. O Dia Mundial do Câncer coloca também em evidência a importância da adoção de um estilo de vida saudável e da valorização das práticas de diagnóstico precoce.

Alertas para prevenir e detectar precocemente o câncer

A Dra Fabiana Baroni Alves Makdissi, Médica Mastologista do Núcleo de Mastologia do Hospital Sírio Libanês, Mestre e Doutora em oncologia pela FMUSP e  Sócia-fundadora da ONG IDVH (Instituto de Desenvolvimento e Valorização Humana) oferece mais informações que nos ajudam a entender o câncer e em especial o câncer de mama:

O câncer de mama é que mais mata a nós mulheres, e nossa arma mais eficaz é seu saber reconhecê-lo e agir sem medo.

Nesta data tão importante, temos como objetivo destacar os tipos de câncer mais frequentes nas mulheres e dar algumas dicas de como formas de prevenção e identificação precoces.

Câncer de mama

  • Se você é mulher e tem mais de 40 anos, cheque se já fez mamografia este ano, olhe a data do exame, pois o ano corre depressa, e pode ser que esteja enganada quanto à data de sua última realização.
  • Procure seu médico para um exame físico detalhado.
  • Conheça seu próprio corpo, se olhe no espelho e toque suas mamas para reconhecer possíveis mudanças.
  • Está acima do peso? Converse com seu médico e veja uma forma de adequar seu peso à sua estatura, pois a obesidade pode estar aumentando seu risco para ter câncer de mama e outros problemas de saúde.
  • Saia da cadeira! Pratique alguma atividade física, pelo menos 3 vezes na semana.
  • Se toma hormônios (reposição hormonal, principalmente) converse com seu médico e pergunte se ainda precisa fazer usos deles. A reposição hormonal pode aumentar o risco para câncer de mama. O ideal é que esse tratamento não dure mais do que 5 anos.
  • Não tome bebidas alcoólicas, ou tome apenas em eventos especiais. Não faça da bebida uma rotina!

Câncer de intestino

  • Se você tem mais de 50 anos, deve realizar um exame de colonoscopia a cada 10 anos. Mas se existem casos de câncer de intestino na sua família, talvez você precise realizar o exame mais precocemente.
  • Realize o teste de pesquisa de sangue oculto nas fezes uma vez ao ano.
  • Não coma excessivamente carnes vermelhas, embutidos ou gorduras e tente, na medida do possível, diversificar sua alimentação com frutas, verduras e legumes.
  • Pratique atividade física regular.
  • Caso seu ciclo intestinal se altere de repente, procure o médico para informá-lo e ver quais exames deve realizar.

Câncer de pulmão

  • Não fume.
  • Pare de fumar.
  • Caso tenha sido fumante ou conviva com um fumante, consulte um médico e faça os exames necessários.
  • Procure ajuda para deixar o vício.

Câncer de colo de útero

  • Realize exame de Papanicolaou com a frequência sugerida pelo seu ginecologista para tratar as lesões que geralmente antecedem o câncer de colo de útero.
  • Use preservativos nas relações sexuais.
  • Evite grande número de parceiros.
  • Converse com seu ginecologista sobre a vacina contra o câncer de colo de útero; talvez você tenha mais indicação de usá-la, e lembre-se de levar suas filhas com você, nelas a vacina será ainda mais importante (mesmo que sejam crianças!).

Câncer de pele

  • Use filtro solar sempre! Atualmente, as mulheres têm o benefício de a maioria das maquiagens já possuírem algum fator de proteção. Abuse do filtro solar, com fator de proteção de no mínimo 15.
  • Proteja-se do sol nos horários de pico solar.
  • Procure um dermatologista para uma avaliação rigorosa das pintas que você possui no corpo. Se alguma delas está mais escura ou está aumentando, dê mais urgência a esta avaliação.

Cenário do câncer de mama no Brasil

O câncer de mama ainda é um grave problema de saúde pública. É o tipo de tumor mais comum entre as brasileiras, excluindo os casos de câncer de pele não melanoma, responsável por mais de 57 mil novos casos por ano, conforme dados do Ministério da Saúde para 2015. Segundo dados do Tribunal de Contas da União (TCU), cerca de metade das usuárias do SUS diagnosticadas no país em 2010 já estavam em estágio avançado. O câncer de mama avançado compreende dois estágios: ele pode ser localmente avançado, ou seja, ainda situado na região da mama; ou metastático, quando as células cancerígenas se espalham para outros órgãos, como os pulmões, os ossos ou o fígado. A cura do câncer de mama depende do estágio em que a doença for diagnosticada. No caso de metástase, as chances são menores. Por isso, essa fase da doença é responsável por 90% dos óbitos. O tratamento para câncer metastático é realizado com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e promover o controle de sintomas por toda a vida da paciente.

Sobre o Dia Mundial do Câncer

O Dia Mundial do Câncer acontece todos os anos no dia 4 de fevereiro, ocasião em que o mundo todo se une para destacar a luta em curso contra o câncer. Essa data foi criada pelo UICC – União Internacional de Controle do Câncer e é muito importante para trazer informações ao público em geral sobre a doença e pressionar os governos a tomar medidas eficazes. O tema da mobilização este ano, Ao Nosso Alcance, estimula a reflexão sobre as soluções para ampliar a eficácia do combate à doença já existirem e estarem ao nosso alcance, sendo necessário colocar agora todo esse conhecimento em prática. A campanha do Dia Mundial do Câncer enfatiza 4 pilares na luta contra o câncer no mundo: a adoção de vida saudável, a prática do diagnóstico precoce, a necessidade de acesso ao tratamento para todos e a promoção da qualidade de vida do paciente oncológico.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo