Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Adjetivos: tipos, significados e exemplos

Adjetivos: tipos, significados e exemplos

Uma coisa importantíssima, quando escrevemos um texto, é saber descrever as coisas ao nosso redor, e para isso usamos os adjetivos. Confira abaixo o que é adjetivo e seus tipos.

Adjetivo

Adjetivo é toda palavra usada para qualificar ou caracterizar os seres, mais especificamente os substantivos.

Ex.: menina inteligente, homem alto, rosto bonito

Nos exemplos acima, os termos inteligente, alto e bonito foram usados para caracterizar ou qualificar os substantivos que acompanham.

Locução adjetiva

Adjetivos

Fonte: Reprodução

Usamos na gramática o termo locução para nos referir a um conjunto de palavras equivalentes a uma só. Portanto, locução adjetiva é uma expressão formada por mais de uma palavra que equivale a um adjetivo.

Ex.: livro do Pedro, menina de vestido, porta de madeira, água da garrafa, amor de mãe

Nesses exemplos, os substantivos foram caracterizados por locuções. Perceba que quando dizemos porta de madeira, usamos a expressão de madeira para caracterizar o substantivo porta, portanto de madeira é uma locução adjetiva.

Adjetivos compostos

Adjetivos compostos são adjetivos formados por mais de um elemento.

Ex.: consultório médico-cirúrgico

Perceba que nesse exemplo o substantivo consultório foi caracterizado pelo termo médico-cirúrgico, que é um adjetivo composto.

Adjetivos pátrios

Adjetivos pátrios são palavras que indicam a nacionalidade ou o lugar de origem de alguém ou de alguma coisa.

Ex.: brasileiro, africano, argelino, grego, panamenho, mineiro, angolano, baiano, sergipano, paraense

Adjetivos pátrios compostos

Os adjetivos pátrios compostos são usados para indicar algo que é comum a mais de uma nacionalidade. Nessas expressões, o primeiro elemento se apresenta reduzido e invariável.

Ex.: literatura afro-brasileira, acordo anglo-americano, civilização luso-brasileira

Adjetivos uniformes

Os adjetivos uniformes apresentam a mesma forma tanto para o gênero masculino quanto para o feminino.

Ex.:  homem cruel / mulher cruel

vidro incolor / líquido incolor

trabalho fácil / tarefa fácil

Perceba que esses adjetivos mantêm a mesma forma tanto caracterizando um substantivo masculino quanto um feminino.

Adjetivos biformes

Os adjetivos biformes possuem duas formas, uma para o masculino e outra para o feminino.

Ex.: bonito, bonita

plebeu, plebeia

cristão, cristã

bom, boa

Perceba que os adjetivos biformes variam concordando com o gênero do substantivo que acompanham.

Grau dos adjetivos

O grau dos adjetivos é usado para exprimir quantidade e intensidade em relação ao ser caracterizado. Temos dois tipos de graus do adjetivo, o comparativo e o superlativo. No grau comparativo, fazemos uma comparação entre dois seres; enquanto que no superlativo, comparamos uma característica de um ser em relação a um grupo ou intensificamos a característica desse ser. Confira abaixo a estrutura de cada um deles:

Grau comparativo

Os comparativos são:

  • Comparativo de inferioridade: menos + adjetivo + (do) que

Ex.: Maria é menos bonita (do) que Joana.

  • Comparativo de igualdade: tão + adjetivo + quanto ou como

Ex.: Pedro é tão inteligente quanto Ruan.

  • Comparativo de superioridade: mais + adjetivo + (do) que

Ex.: Joana é mais bonita (do) que Maria.

 

Grau superlativo

Os adjetivos apresentam dois tipos de superlativos: absoluto e relativo.

Superlativo absoluto

O superlativo absoluto é usado para intensificar a ideia de um adjetivo. São eles:

  • Superlativo absoluto sintético: é formado pelo acréscimo de um sufixo ao final dos adjetivos.

Ex.: facílimo, paupérrimo, lindíssimo

  • Superlativo absoluto analítico: é formado quando o adjetivo é acompanhado de uma palavra que lhe intensifique o sentido.

Ex.: muito bonito, bastante fácil, bem legal

Superlativo relativo

O superlativo relativo é usado para comparar a característica de um ser em relação a um grupo. São eles:

  • Superlativo relativo de superioridade: a/o mais + adjetivo + de/da/do

Ex.: Geraldo é o mais alto da turma.

  • Superlativo relativo de inferioridade: a/o menos + adjetivo + de/da/do

Ex.: Joaquim é o menos interessado da turma.

Ob.: os adjetivos bom, mau, grande e pequeno formam o comparativo e o superlativo de maneira irregular. Confira:

Adjetivo Comparativo de superioridade Superlativo absoluto Superlativo sintético
Bom Melhor Ótimo a/o melhor
Mau Pior Péssimo a/o pior
Grande Maior Máximo a/o maior
Pequeno Menor Mínimo a/o menor

 

Você viu neste texto os tipos de adjetivos e exemplos de cada um deles. Agora que você já sabe tudo sobre adjetivo, resolva os exercícios abaixo para ajudar na fixação da matéria.

Um grande abraço, e até a próxima!

Exercícios

1 – (UPM-SP) Assinale a alternativa em que ambos os adjetivos não se flexionam em gênero.

a) elemento motor, tratamento médico-dentário

b) esforço vão, passeio matinal

c) juiz arrogante, sentimento fraterno

d) cientista hindu, homem célebre

e) costume andaluz, manual lúdico-instrutivo

2 – (Fatec-SP) Identifique a alternativa em que não é atribuída a ideia de superlativo ao adjetivo:

a) É uma ideia agradabilíssima.

b) Era um rapaz alto, alto, alto.

c) Saí de lá hipersatisfeito.

d) Almocei tremendamente bem.

e) É uma moça assustadoramente alta.

3 – (PUC) Adjetivo no grau superlativo relativo ocorre em:

a) Acrescento que nada mais bonito existe do que um barco a vela.

b) E havia também as casas dos pobres do outro lado, construções muito admiráveisno ar.

c) O milagre da pobreza é sempre o mais novo e o mais cálido de todos os milagres.

d) O maior barco a vela seguia o caminho invisível do vento.

e) O domingo se aquietara, quando passou zunindo um automóvel vermelho.

4 – (MPE-PR/UFPA) Há situações em que o adjetivo muda de sentido, caso seja colocado antes ou depois do substantivo.

Observe:

Lá se vão os pobres meninos

Pelas ruas da cidade.

Meninos pobres,

pelas ruas da cidade rica.

Qual é o significado da primeira e da segunda ocorrência da palavra “pobres” no trecho acima?

a) humildes/modestos

b) mendigos/sem recursos

c) dignos de pena/improdutivos

d) dignos de compaixão/desprovidos de recursos

e) ingênuos/sem posses

Gabarito

1 – D

2 – B

3 – C

4 – D

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo