Você está aqui:Home » Dicas » Arte e Cultura » Acervo do Museu do Ipiranga está disponível on-line gratuitamente

Acervo do Museu do Ipiranga está disponível on-line gratuitamente

Olá, leitor(a)! 

A origem da palavra museu remonta ao termo grego mouseîon. Conforme a mitologia, a expressão se referia ao templo das musas. Essas entidades, filhas de Zeus, o maior dos deuses gregos, e de Mnemosine, a divindade da memória, eram as guardiãs das artes e do conhecimento. Por conta disso, podem ser vistas como a representação da ideia que está na gênese dos museus modernos, que é preservar obras de valor histórico, científico e artístico. 

Em consonância com esse pensamento, e considerando seu papel na democratização da informação e no diálogo com a sociedade, o Museu do Ipiranga disponibiliza seu acervo de modo on-line e gratuito. O conteúdo traz não só obras e objetos, mas também pesquisas e recortes temáticos que possibilitam um novo olhar sobre a instituição. Tudo isso em uma nova plataforma intuitiva e acessível. Confira! 

Acervo on-line do Museu do Ipiranga 

O novo acervo on-line do Museu do Ipiranga reflete a riqueza dos quase 60 mil itens preservados pela instituição. Por isso, na plataforma digital, é possível navegar buscando por tipos de documentos, divididos em textuais, iconográficos e tridimensionais, e por períodos históricos, que vão da época colonial à República. Além disso, estão disponíveis coleções e curadorias. 

As coleções são definidas como agrupamentos de elementos de acordo com sua origem ou assunto. As catalogadas na plataforma são compostas por documentos iconográficos e tridimensionais e têm como destaques as coleções de Alberto Santos Dumont e de Antônio Carlos Gomes. A primeira traz fotos e cartazes sobre os experimentos do aviador. Já a segunda conta principalmente com imagens do compositor e seus familiares. 

Acervo do Museu do Ipiranga está disponível on-line gratuitamente

Fonte: Reprodução

As curadorias são recortes temáticos criados a partir de pesquisas que utilizaram o conhecimento guardado pelo Museu em sua concepção. Atualmente, há três curadorias disponíveis: Os Retratos no Acervo do Museu Paulista, com inúmeros retratos de anônimos e famosos; Cartões-Postais, que reúne cartões-postais datados de 1869 em diante; e As Representações da Várzea do Carmo, que apresenta a visão de inúmeros artistas sobre essa região. A ideia é que, a cada três meses, novas curadorias sejam disponibilizadas, permitindo usufruir de diferentes perspectivas sobre a história. 

A transposição de um acervo tão rico para o ambiente virtual foi possível por meio do Tainacan, um software livre, gratuito e nacional, cujo nome faz referência à deusa associada às estrelas na mitologia carajá. Criada para potencializar a produção cultural na internet e o compartilhamento de acervos digitais, a ferramenta conta com mais de 18 mil downloads e já foi usada por mais de 900 instituições, no Brasil e no exterior. Para detalhes e informações sobre o Tainacan, clique aqui. Já para conhecer o acervo do Museu, basta acessar aqui. 

Museu do Ipiranga 

O Museu do Ipiranga, oficialmente denominado Museu Paulista da Universidade de São Paulo, foi inaugurado em 1895, no local onde foi proclamada a Independência. Inicialmente, era focado em história natural, principalmente em zoologia. A ênfase na história do Brasil e de São Paulo começou décadas depois, a partir de 1922. 

Após um século enriquecendo seu acervo especializado em história material e cultural, em 2013, a instituição fechou para reformas, reabrindo apenas em 2022, nas comemorações do Bicentenário da Independência. Finalizadas as obras, o Museu dobrou de tamanho, recebeu novos espaços e ampliou seus recursos de acessibilidade. Além disso, com a instalação de ar-condicionado, poderá, pela primeira vez, abrigar mostras de outras instituições. Para saber mais, clique aqui. 

O acervo on-line é perfeito para quem quer conhecer o Museu, mas não consegue se deslocar até ele, não acha? Então compartilhe o artigo para que mais pessoas possam ter acesso à cultura e à história! 

No Canal do Ensino, leia também: 

Boa visita! 

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo