Você está aqui:Home » Dicas » Professores » 8 maneiras de ensinar matemática básica com chocolate

8 maneiras de ensinar matemática básica com chocolate

Historicamente, o Brasil não tem um dos melhores índices escolares do mundo, mas quando separamos o conhecimento por matéria, os dados ficam ainda mais assustadores

Olá, pessoal!

Um estudo realizado pelo Movimento Todos pela Educação, com base na avaliação dos resultados das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), revelou que somente 10% dos estudantes do 3º ano do ensino médio tiveram aprendizado considerado adequado em Matemática nos últimos anos.

O dado revela a dificuldade dos alunos e professores em aprender e ensinar, respectivamente, esse tipo de conteúdo. Além de considerado chato pela maioria das pessoas, muitos também tem dificuldade em contas básicas.

Por isso, para reverter o problema, as escolas tem apostado em um sistema de ensino diferente e usado novas técnicas para chamar a atenção dos alunos. Em alguns casos, inclusive, são utilizados chocolates para que os alunos aprendam contas básicas e até mesmo regra de três. Confira algumas dicas de como aplicar isso no dia a dia:

chocolate-em-barra

  • Coloque o chocolate como exemplo para uma conta. Por exemplo, crie nomes fictícios para os personagens e utilize o doce no lugar dos números;
  • Utilize o chocolate como prêmio. Ao fazer uma conta, coloque o doce como prêmio para quem acertar a resposta. Por exemplo, quem acertar tudo, ganha a barra completa; quem errar por um número ganha três bombons, por dois, ganha dois bombons e assim por diante.
  • Teste de lógica. Crie uma questão de lógica e coloque o chocolate como item da pergunta. Dê bombons para que eles possam somar, subtrair ou dividir. Dessa forma, em vez de trabalhar com números, eles entenderão melhor como funcionam as equações.
  • Pense matematicamente. Essa dica é para os alunos e serve para a vida toda. Ao comer ou comprar um chocolate, faça contas. Por exemplo, se comeu um filete da barra, calcule qual a porcentagem equivalente deste pedaço. Apesar de parecer loucura, esse esforço pode ajudar a pensar mais rapidamente na hora de fazer contas.

Além dessas dicas, é importante utilizar o chocolate em questões mais complexas. Abaixo, selecionamos alguns exemplos de como utilizar o produto:

  • Soma. Com alguns bombons é possível aprender como fazer conta de somar. Por exemplo, em um comércio há 8 barras de chocolate. Se o vendedor comprar mais 10, com quanta barras ele ficará? A resposta é 18.
  • Subtração. Imagine que Carlos tenha uma doceria. Marcos encomendou, aproximadamente, 20 brigadeiros para o aniversário da filha. No dia da entrega, faltaram três. Qual foi o valor total que Marcos recebeu? Resposta: 17
  • Média. Imagine o seguinte exercício: João conseguiu que 100 pessoas participassem da arrecadação de 500 ovos de páscoa. Agora, ele precisa calcular a média de doces doados por pessoa. Para isso, basta pegar os 500 e dividir por 100. O resultado obtido será de 5 ovos por doador.
  • Porcentagem. Sim, por incrível que pareça é possível aprender porcentagem utilizando chocolates. Na verdade, o produto faz uma alusão aos números, como no exemplo a seguir. Imagine que vamos calcular que em uma classe com 50 alunos, 20 tem chocolate e 30 não. Qual a porcentagem de pessoas que contam com um doce na sala? Basta fazer a conta: pegue o número de chocolates (20) e divida pelo total de alunos (50). Após a divisão, multiplique o resultado por 100. A resposta é 40%.

Gostaram das dicas?

Até a próxima!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo