Você está aqui:Home » Dicas » Pais e Filhos » 7 Maneiras de estudar nas férias brincando

7 Maneiras de estudar nas férias brincando

Olá,

Férias e brincadeira são quase sinônimos, ainda mais se felicidade estiver incluída no meio. Porém, é possível acoplar os estudos e ainda se obter muita diversão.

Estudar nas férias não é um bicho de sete cabeças e pode ser feito de diversas maneiras, de forma mais descontraída e ainda assim eficaz. O artigo de hoje apresentará 7 maneiras de estudar nas férias, brincando e ainda deixando a mente ativa e preparada para receber novos aprendizados.

1 – Vamos ao museu?

Os museus podem ser armas poderosas na educação. Nos tempos modernos, se tornou ainda mais prazerosos ir a esses ambientes de ensinamento. Isso porque, cada vez mais os museus têm atividades e equipamentos interativos. As crianças e os adultos se divertem aprendendo diversas coisas novas. Sendo história, arte, atualidade e até sobre o futuro.

2 – Use a estratégia do xadrez

Falamos de xadrez, mas o jogo de dama também pode estar incluído. Parece que não, mas ambos os jogos de tabuleiro são divertidos e fáceis de se aprender. Além disso, necessitam de um raciocínio rápido e de boas estratégias. Quer treinar ou deixar seu filho mais preparado para momentos que necessitam inteligência nas ações? O xadrez e a dama podem oferecer isso.

3 – Pintura, desenho, modelagem… arte!

Se no museu é possível ver arte, em casa é praticável fazer arte. Exercite a criatividade em desenhos, pinturas em quadros e na modelagem de argila. Divertido com toda a certeza será. Ainda há um bônus de descobrir um novo artista em casa. O material criado pode virar enfeite ou transformar-se em presentes.

4 – Na cozinha também se aprende

Seja para trazer as crianças para a cozinha ou mesmo ir até ela sozinho, cozinhar pode ser uma boa maneira de aprender e manter a mente ativa. Só depois que se aprende a fazer uma boa comida é que se dá valor às mães que preparam deliciosas refeições todos os dias. A criatividade pode ser exercida, o aprendizado sobre novos alimentos e misturas, a sabedoria sobre os perigos e cuidados que se deve ter em casa. Tudo isso pode ser aprendido de forma divertida dentro da cozinha.

5 – Que tal escrever uma história?

Já imaginou achar um escritor dentro de casa? É possível se essa liberdade for dada. Nem que seja algo casual, como um pequeno conto para dormir. Deixe a criança contar sua própria história de ninar. Incentivar a escrever também é algo bom, assim é possível treinar a caligrafia e a ortografia, além da criatividade.

6 – Incentivo à leitura

Criar um canto apenas para leitura pode ser uma forma de incentivar mais essa prática. Crianças e adultos se beneficiam ao ler livros e torna ainda mais prático quando todos as páginas estão de fácil acesso e há um espaço apenas para elas. Uma boa leitura ainda pode incentivar um bom escritor.

7 – A tecnologia também ajuda

Muitos jogos são encontrados na internet ou em forma de aplicativos. Mas também muitos sites e apps tem sua finalidade para o aprendizado de forma descontraída e ainda assim eficaz. É uma brincadeira que une o moderno ao essencial.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo