Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » 7 dicas para montar um currículo em vídeo nas redes sociais

7 dicas para montar um currículo em vídeo nas redes sociais

Olá, leitor(a)! 

Nas últimas décadas, acompanhamos inúmeras tendências no que diz respeito às redes sociais. Criadas, inicialmente, para a interação social em larga escala, elas foram estendendo o campo de atuação: do entretenimento para a publicidade, promoção de ações e, mais recentemente, para a divulgação de trabalhos e aptidões profissionais.  

Nesse sentido, o vídeo currículo tem sido uma excelente ferramenta para fazer com que pessoas em busca de emprego se lancem no mercado de trabalho. Tratando-se de um resumo de habilidades menos engessado, o formato permite que o(a) candidato(a) apresente aquilo que não se consegue visualizar em papel, como personalidade, essência, carisma e muito mais.  

Currículo em vídeo nas redes sociais

O uso das redes sociais para conquistar uma vaga de emprego ou formar uma rede de trocas profissionais não é uma novidade, tendo em vista a existência da maior rede social profissional do mundo: LinkedIn. O que tem chamado atenção, entretanto, é o uso de redes de interação e informação para divulgar experiências e habilidades profissionais, como é o caso do Instagram 

Em 2021, por exemplo, a atriz e cantora Manu Gavassi, em parceria com a rede de cosméticos O Boticário, usou o Instagram, o Twitter e o TikTok para lançar uma campanha em busca de estagiário(a). A seleção da vaga tinha como principal critério justamente a elaboração de um vídeo criativo, que demonstrasse os motivos pelos quais o(a) candidato(a) deveria ser escolhido(a). 

Ainda, a rede social chinesa TikTok — conhecida por oferecer funcionalidades que permitem a elaboração de vídeos curtos  criou um projeto-piloto de plataforma de recrutamento, com seleções realizadas por meio de currículos em vídeo: o TikTok Resumes. O teste foi realizado apenas nos Estados Unidos, mas não deve demorar para chegar a outras regiões.  

Diferentemente do currículo tradicional, o vídeo possibilita aos(às) recrutadores(as) avaliar se o comportamento e as características dos(as) candidatos(as) combinam com a cultura da empresa. Por essa razão, o formato tem ganhado cada vez mais espaço nos processos seletivos e tende a ser uma ferramenta primordial não só para a conquista do primeiro emprego como também para a recolocação profissional. 

7 dicas para montar um currículo em vídeo nas redes sociais

Fonte: Reprodução

7 dicas para fazer um currículo em vídeo nas redes sociais 

Ainda não é possível afirmar se o novo formato de currículo tomará o lugar do tradicional, de qualquer forma, saber fazê-lo com qualidade é um enorme diferencial para aumentar as chances de sucesso diante de um mercado cada vez mais competitivo 

Para ajudá-lo(a) nisso, organizamos 7 dicas essenciais para produzir um vídeo currículo para as redes sociais. Vamos conferi-las:

1. Crie roteiros personalizados

Diferentemente de um currículo tradicional, em que sempre estarão dispostas as mesmas experiências, instituições de formação, habilidades e afins, o currículo em vídeo exige roteiros adaptados. 

Para chamar a atenção das empresas, é preciso criar roteiros que considerem não só os requisitos da vaga, mas também, e principalmente, a cultura da organização. Por isso, é preciso personalizar os textos, conhecendo e entendendo quais das suas habilidades e experiências mais combinam com o emprego que deseja. 

2. Organize o ambiente de gravação

Para qualquer categoria de vídeo currículo, seja ele criativo ou tradicional, a organização dos espaços onde ele será gravado é essencial para garantir que suas habilidades e personalidade se destaquem mais do que o formato de algum objeto ou a bagunça na mesa.  

Por isso, organize o ambiente de gravação considerando se a iluminação, as cores do espaço, a propagação de som e afins estão alinhados com a sua ideia de apresentação e como isso influenciará na avaliação do(a) recrutador(a).  

3. Grave o vídeo no formato adequado para cada plataforma

Pode parecer pouco importante, mas o formato da gravação (vertical ou horizontal) pode ajudar bastante na estética e na recepção do vídeo 

Desse modo, grave o vídeo considerando o formato utilizado na plataforma na qual ele será compartilhado. Por exemplo, se o vídeo currículo será exibido no TikTok, as imagens ficarão melhores se a gravação for realizada com o smartphone na vertical.

4. Use os recursos da plataforma 

Cada plataforma disponibiliza recursos para a criação de conteúdo, como a inserção de músicas, gifs, diferentes fontes de texto, colagem de imagens e muitos mais. Saber usá-los influenciará na qualidade do vídeo, principalmente se a vaga exige inovação e criatividade.  

Assim, conheça e aprenda como usar os recursos disponíveis em cada plataforma na qual será exibido o seu vídeo currículo. Por exemplo, no TikTok  existe o efeito “tela verde”, que possibilita a criação de vários planos de fundo.  

5. Procure referências na rede utilizada 

Quem acompanha criadores(as) de conteúdo já deve ter visto ou escutado como outras pessoas e trabalhos inspiram a produção deles(as). Isso porque toda interação, seja em livro, filme ou conversa, expande nossas percepções e conhecimentos. 

Nesse sentido, procurar referências de vídeo currículo nas redes sociais em que se pretende veicular sua gravação pode ajudá-lo(a) a conhecer mais ferramentas, posturas, linguagens, garantindo a produção de um vídeo criativo e com qualidade.   

6. Aproveite para usar a criatividade

O currículo em vídeo é uma tendência, porque permite que o(a) candidato(a) apresente de si o que não cabe dentro do papel, o que não é verificável em métrica nenhuma, como a habilidade de se comunicar ou o seu carisma.  

Pensando nisso, aproveite para usar toda a sua criatividade não só na elaboração do vídeo, mas na forma como vai se apresentar diante dele. Garanta que seus talentos, aspirações e características sejam demonstrados nele.  

7. Viralize o currículo em vídeo 

Nas redes sociais, não é possível fugir dos números. Isso significa que quanto mais você é visto, mais sucesso você costuma fazer. A mesma dinâmica pode funcionar ao compartilhar um vídeo currículo, afinal, dependendo do seu objetivo, nada mais destacável do que uma postagem que viraliza.  

Para que isso seja possível, estudar os melhores horários de postagem em cada rede social, os vídeos com maior êxito e contar com a ajuda dos(as) amigos(as) no compartilhamento são itens essenciais para que as empresas tenham acesso ao seu vídeo. 

Conteúdo extra 

A conquista do primeiro emprego e a recolocação no mercado de trabalho exigem o constante aperfeiçoamento e a aquisição de novas habilidades, como podemos observar com as tendências de recrutamento. 

Dessa maneira, e com o intuito de capacitar pessoas para o mundo profissional na contemporaneidade, o SENAI-SP oferece o curso on-line e gratuito Preparação para o mundo do trabalho. Ele possui carga horária de 14 horas, exige idade mínima de 14 anos para inscrição e deve ser realizado no período de 21 dias.  

Para obter mais informações sobre a formação, basta clicar neste link 

Preparado(a) para produzir seu vídeo currículo? Compartilhe o texto com os(as) amigos(as) para que mais pessoas possam aproveitar as dicas!  

No Canal do Ensino, leia também: 

Aproveite as dicas e até logo!  

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo