Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » 7 dicas para elaborar um currículo criativo

7 dicas para elaborar um currículo criativo

Olá, leitor(a)! 

Temos a falsa ideia de que para nos destacarmos na vida, pessoal ou profissional, precisamos ser pessoas extraordinárias. A verdade, contudo, é que respeitar quem somos e explorar nossas características da melhor forma possível já é suficiente para ocupar com maestria os lugares que desejamos. Nesse sentido, quanto mais entendemos sobre nós mesmos(as), mais espaço criamos para experimentar o novo e arriscar percorrer caminhos ainda desconhecidos.  

Essa trajetória nos exige muita flexibilidade e ousadia, algumas das habilidades mais requisitadas no atual mercado de trabalho — especialmente em profissões classificadas como do futuro. Por isso, e pensando em ajudar nossos leitores e leitoras a apresentarem suas qualidades com eficiência nos processos seletivos, nós trouxemos 7 dicas para elaborar um currículo inovador e atrativo. 

Currículo criativo e sua relevância no mercado 

O modelo tradicional de curriculum vitae (CV), documento cuja função é reunir informações sobre um(a) candidato(a) em busca de emprego, busca compactar dados pessoais e formativos em papel A4 e usando fonte Times New Roman. Com o surgimento das novas tecnologias e das redes sociais, entretanto, ambientes corporativos têm sofrido grandes modificações e exigido a mesma resiliência de profissionais.  

Dessa forma, a apresentação de habilidades e qualificações de modo simples já não é o bastante para ganhar a atenção de recrutadores(as). Formatos cada vez mais inovadores de CV estão sendo compartilhados por organizações como exemplos a serem seguidos. Esses modelos não atendem a um padrão específico, pelo contrário, o conceito de currículo criativo envolve justamente a originalidade.  

Ainda assim, é possível determinar um conjunto de aspectos que são explorados nesse modelo para representarem os desejos de profissionais de maneira marcante. Alguns deles são: estilo textual, layout e elementos visuais. Aventurar-se na concepção desse tipo de documento traz muitas vantagens em processos seletivos, não só por se destacar entre os mais singelos, mas também pela dedicação expressa ao entregar algo moderno.  

Inclusive, diferentemente do que se imagina, é possível adotar o currículo criativo para pleitear cargos que não têm a ver necessariamente com áreas tecnológicas ou criativas. A ideia principal é criar vínculos com a cultura da empresa na qual se deseja trabalhar, usando seus conhecimentos e inventividade de maneira respeitosa e atraente. Se a instituição for de setores que requerem inovação, como comunicação e marketing, abusar da criatividade é quase um pré-requisito.  

7 dicas para elaborar um currículo criativo 

Pensando nos desafios para ingressar nesse meio corporativo em constante evolução e na necessidade de reinvenção dos(as) profissionais, nós listamos 7 dicas para você elaborar um currículo criativo e adaptável. Confira:  

7 dicas para elaborar um currículo criativo

Fonte: Reprodução

1. Explore ferramentas de design

Se você não tem muita familiaridade com tecnologias e recursos de criação, mas quer experimentar um jeito novo de vender sua imagem no mercado de trabalho, explore ferramentas de design! A maioria delas está disponível gratuitamente e conta com uma coleção repleta de modelos criativos de CV, que podem ser ajustados conforme seus gostos pessoais. Além dos templates da Microsoft, por exemplo, é possível obter formatos incríveis no Canva e no Freepik.  

2. Adapte os formatos conforme vaga e instituição

Assim como definimos diferentes objetivos conforme as descrições feitas nas várias vagas para as quais nos inscrevemos, o formato do currículo também deve passar por adaptações. Nesse sentido, é sempre muito importante estudar com atenção cada cargo e instituição para encontrar similaridades entre suas pretensões e as da empresa. Com isso, você pode escolher enfatizar na sua apresentação formações e habilidades que correspondam aos valores exigidos em cada organização.   

3. Organize o layout de forma atrativa

Após compreender a cultura das empresas e o que elas desejam para preencher as vagas disponíveis, organize um currículo com layout cativante. Por exemplo, se você é jornalista e vai se candidatar para um cargo de redator(a), transforme seu currículo em uma espécie de matéria, dispondo as informações do mesmo modo que elas estariam em uma página de jornal, com títulos em destaque, pequenas descrições, entre outras coisas. O importante é criar composições que façam com que recrutadores(as) se envolvam na leitura do documento.  

4. Priorize as informações essenciais

Abusar das ideias é, de fato, imprescindível para quem deseja se destacar com um currículo criativo. Contudo, de nada adianta ter investidas geniais, mas distrair empregadores(as) do objetivo principal: suas qualidades, formação e contato. Portanto, quando for estruturar um CV interessante, certifique-se de dar prioridade para os dados que construíram o(a) profissional que você é e que são essenciais para aquela vaga.  

5. Seja objetivo(a) no preenchimento de qualificações

Ainda em relação às informações que o(a) candidato(a) precisa enfatizar, vale ressaltar que uma lista infinita de cursos e qualificações cansa profissionais de RH que, provavelmente, estão lendo dezenas de currículos em um processo seletivo. Assim, concilie todas as dicas dadas e, com base nessas estratégias de organização do currículo criativo, escolha as habilidades que mais têm a ver com a função e a cultura da empresa e preencha o documento com objetividade.  

6. Evite elaborar currículos com mais de duas páginas

Se você seguir a instrução anterior, atender a este item vai ser muito fácil, afinal, quanto mais objetivo for, menor será o documento. Como foi explicado, muitas informações cansam as pessoas responsáveis pela leitura do CV, se ele possui mais de uma página então, a chance de ter dados ignorados é bem grande. Desse modo, evite elaborar documentos que ultrapassem o espaço de duas páginas para garantir que suas experiências e habilidades serão vistas.  

7. Revise texto e formatação do documento

Por fim, uma dica obrigatória para qualquer arquivo que você vá produzir: revise texto e formatação. Esse trabalho é indispensável na construção de currículos e faz parte da sua avaliação, especialmente se o cargo envolver domínio da escrita. Por mais inovador que seja um layout, se ele não for compreendido, se os dados estiverem errados, todo empenho e trabalho dedicados na produção do CV serão em vão. Afinal, mais importante que a aparência é o conteúdo.  

Conteúdo extra 

Para quem deseja ter mais informações sobre a importância da estruturação do currículo profissional e tem pouco tempo disponível, nós recomendamos 2 podcasts voltados para o mercado de trabalho, com episódios especiais sobre esse importante documento de apresentação. Vejamos:  

Trampapo 

Esse podcast é produzido pela Catho, plataforma de busca de empregos, e tem como objetivo dar voz aos anseios de pessoas que desejam ingressar no mercado e de instituições à procura de profissionais. A nova temporada do programa pretende valorizar experiências plurais, trazendo recortes de gênero, classe, sexualidade, entre outros. 

No episódio Currículo em foco: capture a atenção dos RH’s, o(a) ouvinte é convidado(a) a conhecer as melhores estratégias para se apresentar no meio corporativo. A conversa conta com a participação da Bianca Machado, gerente sênior da Catho; da Cynthia Abraão, gerente executiva da Venturus, empresa voltada para inovação e tecnologia; e Zaida Goulart, gerente corporativa da Campseg, que presta serviços de segurança.  

Minha vaga, minhas regras 

Criado a partir da parceria entre Folha de São Paulo e LinkedIn, esse podcast convida profissionais e especialistas para trazerem sugestões de como conquistar uma vaga de trabalho e obter sucesso na carreira. A ideia é abordar histórias que ampliem a visão das pessoas sobre diversos aspectos do universo corporativo e as inspirem.  

Apresentado por Bruno Soraggi, repórter da Folha, o 5º episódio aborda relatos de profissionais que se destacaram por exporem currículos criativos e ouve o que especialistas têm a dizer sobre essas novas dinâmicas de recrutamento. Se você quer conhecer modelos de apresentação não convencionais, clique aqui e escute o programa completo. 

E aí, preparado(a) para chamar a atenção de empregadores(as)? Lembre-se de compartilhar nosso artigo nas redes sociais para que mais pessoas tenham a oportunidade de conquistar uma vaga de emprego!  

No Canal do Ensino, leia também: 

Até o próximo texto!  

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo