Você está aqui:Home » Livros Grátis » Audiolivro » 7 audiolivros gratuitos para escutar em um dia

7 audiolivros gratuitos para escutar em um dia

Olá, leitor(a)!  

Tem se tornado comum vermos e escutarmos trechos de grandes romances ou poemas sendo declamados nas redes sociais. Esse trabalho voltado para dar voz às letras vem encantando os mais diversos públicos e influenciando-os a consumir obras literáriasAlém disso, possui caráter inclusivo, fazendo com que pessoas com deficiência visual tenham acesso a esses conteúdos.  

Nesse sentido, por exemplo, a procura pelo formato audiobook (livro falado) tem crescido substancialmente no mercado. Pensando nisso, e na facilidade que ele oferece a quem não dispõe de muito tempo, nós listamos 7 audiolivros incríveis para ouvir em um dia. A seleção conta com diferentes gêneros e renomados(as) autores(as), como o paulistano Mário de Andrade e a norte-americana Sylvia Plath. 

7 audiolivros para ouvir em um dia 

É inegável que as transformações econômicas e tecnológicas estão interferindo nos nossos hábitos. Dessa forma, as vinte e quatro horas do dia já não parecem suficientes para fazermos tudo aquilo que julgamos necessário. Nesse processo, priorizamos as tarefas e obrigações em detrimento do lazer e do descanso, o que contribui (e muito) para o adoecimento mental e emocional.  

Por isso, é necessário estabelecer uma rotina que viabilize a manutenção das responsabilidades cotidianas, mas inclua o cuidado de si e o direito ao exercício da imaginação. Nessa lógica, a leitura de bons livros é uma excelente aliada, mais ainda com a existência dos audiobooks, afinal, basta ter a gravação do título favorito para escutar em qualquer lugar, a qualquer hora.  

Para ajudá-lo(a) a fazer boas escolhas, recomendamos sete audiolivros incríveis, de poesia e conto a romance infantojuvenil. Cada um deles pode ser escutado em menos de oito horas. Confira:  

7 audiolivros gratuitos para escutar em um dia

Fonte: Reprodução

1. A Hora da Estrela (1977)

Essa obra foi publicada um pouco antes do falecimento de sua autora, Clarice Lispector, vítima de câncer aos 57 anos. Nela, acompanhamos, por meio da narração do escritor fictício Rodrigo S. M., as angústias existenciais da jovem nordestina Macabéa.  

A protagonista, que mal tem dinheiro para se alimentar, conhece o ambicioso metalúrgico Olímpico e dá início a uma relação amorosa nada convencional. Se você gosta de diálogos profundos e de ser surpreendido(a), clique aqui e ouça o livro completo 

2. A Redoma de Vidro (1963)

Tratando-se do único romance de Sylvia Plath, reconhecida principalmente por seus trabalhos poéticos, A Redoma de Vidro traz uma delicada narrativa sobre melancolia e depressão. Por conta das similaridades encontradas entre as características da personagem Esther Greenwood e as da autora, a obra é classificada como autoficção, ou seja, uma história literária, portanto em algum nível inventada, sobre si.   

Nela, conhecemos uma brilhante jovem que, além de conseguir bolsa de estudo para uma prestigiada universidade, começa a estagiar em uma famosa revista de Nova York. Apesar de suas conquistas e de não haver motivos aparentes que justifiquem sua crescente tristeza, Esther não está bem. Para entender mais sobre essa história, clique aqui e ouça o livro completo.  

3. Contos de Lima Barreto

Nascido no Rio de Janeiro, o autor Lima Barreto era neto de uma escrava liberta e filho de um operário e de uma professora. Ao longo de sua trajetória literária, dedicou-se a abordar questões políticas e sociais, com narrativas realistas sobre a sociedade brasileira da época. 

Essa coletânea de contos, disponível na Universidade Falada, não possui datação e tem duração de uma hora e quarenta minutos. Entre as 20 produções narradas, encontra-se “O homem que sabia javanês”, famosa por realizar uma crítica sobre os intelectuais desonestos. Para escutar todas as histórias, clique aqui.  

4. Contos para Velhos (1897)

Olavo Bilac publicou esse compilado de poesias e contos sob o pseudônimo de Bob. Com histórias cômicas e libidinosas, Bilac explora diversos personagens, regiões e realidades, das mais pobres às mais ricas. 

Dessa forma, traz escritos que apresentam caráter universal, ou seja, abordam temas comuns a todos os seres humanos, como amor, traição, religião e muito mais. Ficou curioso(a) para saber por que o poeta preferiu esconder sua autoria nessa obra e como as narrativas foram construídas nela? Então clique aqui e ouça tudo! 

5. Papéis Avulsos (1882)

Conhecido principalmente por seus romances, classificados como brilhantes até os dias atuais, Machado de Assis também produziu contos e poesias. Essa coletânea mostra como as habilidades narrativas do autor independem da quantidade de páginas e apresenta irreverentes histórias que podem ser aproveitadas em pouco tempo.  

“O Alienista” e o “O Espelho” são as mais famosas, em que a primeira conta sobre a vida de um médico que estuda a questão da loucura e acaba perdendo a noção da realidade; e a segunda discute temas existenciais, com um personagem que só se enxerga a partir de seu posto no exército. Se você é do tipo que questiona o mundo e quem você é nele, clique aqui e ouça tudo 

6. Pauliceia Desvairada (1922)

Poesia não costuma ser o gênero preferido dos(as) leitores(as), entretanto, o formato pode ser uma caixinha de surpresas e apresentar ideias geniais em pequenos versos. Pensando nisso, selecionamos um livro de Mário de Andrade, cujos poemas servem como registros históricos do processo de industrialização das cidades brasileiras.  

Durante a revolucionária Semana de Arte Moderna de 1922, inclusive, foi lido um poema bastante polêmico que se tornou o mais famoso da obra, chamado “Ode ao Burguês”, que faz uma crítica feroz à burguesia da época. Que tal dar uma chance para a poesia e viajar em métricas, rimas e versos livres? Então clique aqui e ouça o livro completo.  

7. Alice no País das Maravilhas (1865) – Versão em inglês

Por fim, trouxemos a sugestão perfeita para quem gostaria de treinar a compreensão em língua inglesa e, ao mesmo tempo, conhecer um clássico infantojuvenil que, além de ter inúmeras adaptações para o cinema e o teatro, inspira artistas em todo o globo. A obra foi escrita pelo matemático e romancista Lewis Carroll e narra as peripécias da menina Alice.  

Mundos mágicos, chapeleiro louco, gato falante e rainha de copas são alguns dos elementos mais conhecidos do universo criado por Carroll. Ainda assim, são os profundos diálogos que acontecem na trama que movimentam os corações e as mentes de quem lê a produção. Se você quer aprender um pouco mais sobre as grandes questões da vida, clique aqui e ouça o livro.  

Conteúdo extra 

Você, que adora experienciar literatura nesse formato, já pensou em trabalhar com isso?  Se sim, temos uma sugestão incrível! Trata-se do curso on-line gratuito Introdução à Produção de Audiolivros, oferecido pelo Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), por meio de sua plataforma de formações livres. 

Com carga horária de 20 horas, o conteúdo pode ser consumido por qualquer pessoa interessada. Basta ter noções mínimas de informática e dispor de equipamentos técnicos para gravação e edição de áudios. O curso é autoinstrucional e aborda temas como ambiente de gravação ideal, sugestões para uma boa narração e efeitos sonoros. Ele é dividido em quatro partes: 

  • Módulo 1: Conhecendo os audiolivros; 
  • Módulo 2: Pré-produção; 
  • Módulo 3: Produção; 
  • Módulo 4: Pós-produção. 

Além disso, a formação tem prazo para continuar disponível, portanto, aproveite essa chance o quanto antes. A instituição emite certificado mediante o aproveitamento mínimo de 60% nas atividades avaliativas. E aí, ficou interessado(a) e deseja se inscrever? Então clique aqui e siga as instruções do site.  

#Partiu desfrutar da praticidade que os audiobooks oferecem e consumir várias obras em pouco tempo? Lembre-se de compartilhar nosso artigo nas redes sociais para que mais pessoas tenham a mesma oportunidade!  

No Canal do Ensino, veja também: 

Boa audição e até logo!  

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo