Você está aqui:Home » Dicas » Professores » 5 técnicas de ensino que todo professor do futuro deve desenvolver

5 técnicas de ensino que todo professor do futuro deve desenvolver

Olá, pessoal!

Com a velocidade com que as coisas acontecem hoje em dia, tudo muda muito rápido. E isso afeta também o setor da educação. Se professores e educadores não se atualizarem vão ficar atrasados não só no modo como ensinam, mas em como seus alunos aprendem também. Sendo assim, veja estas 5 técnicas de ensino que todo professor do futuro deve desenvolver.

Diante do novo cenário tecnológico dos nossos dias, a inovação é fundamental. O papel dos professores também muda: a função desses profissionais não é mais apenas transmitir conteúdos e aplicar avaliações, mas sim ajudar a construir o futuro dos alunos, desenvolvendo novas habilidades, que serão mais valorizadas.

Técnicas de ensino para professores

Confira dicas simples para revolucionar sua sala de aula:

1 – Incentivar o aprendizado colaborativo

Realizar atividades em grupo pode ser uma ótima forma de conduzir o ensino afim de torná-lo mais colaborativo, permitindo que os estudantes compartilhem conhecimentos e opiniões entre si. Trata-se de uma habilidade importante a ser desenvolvida, já que pode estimular o trabalho em equipe, muito valorizado no ambiente profissional. Como professor, você também deve participar desse processo, mostrando-se disposto a ouvir os alunos.

2 – Estimular a curiosidade dos alunos

É importante estimular o espírito curioso dos alunos, incentivando que eles façam perguntas durante a aula. Afinal, isso mostra que eles estão interessados no assunto e desejam aprender mais. Para isso, você separar um momento para realizar atividades mais dinâmicas, que relacionem o conteúdo a temas cotidianos, por exemplo. Lembre-se de que uma turma quieta nem sempre é uma turma interessada.

3 – Proponha desafios

É interessante propor atividades que desafiem os estudantes, para além do conteúdo básico visto durante as aulas. Você pode realizar competições entre a classe, sugerindo a realização de um exercício diferente, com um maior grau de dificuldade, por exemplo. Contudo, é preciso estar atento para que a aula esteja bem divida, sabendo a hora certa para impor certos limites.

4 – Certificar-se de que os alunos estão compreendendo o conteúdo

Mais importante do que saber uma definição ou um significado é compreendê-lo. Por isso, é importante manter um feedback sincero com os alunos, certificando-se de que eles realmente compreenderam o conteúdo abordado durante a aula, estando sempre disposto a explicar novamente caso necessário.

5 – Contextualizar

Diante de um contexto em que os alunos buscam cada vez mais praticidade, é importante mostrar como aplicar no cotidiano o conteúdo visto em sala de aula. Estabelecer essa relação, de forma que os estudantes enxerguem que a matéria é útil não só para tirar uma boa nota, como também para a própria vida, pode ser um fator fundamental.

Professor: experimente colocar essas dicas em prática. A inovação deve fazer parte da sua aula. Seus alunos vão sentir a diferença e vão render muito mais. Tudo a serviço de uma educação cada vez melhor.

Até a próxima.

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo