Você está aqui:Home » Dicas » Professores » 5 ideias para enriquecer o planejamento de aulas

5 ideias para enriquecer o planejamento de aulas

Olá, leitor!

Um dos maiores desafios que o professor enfrenta, é capturar e manter a atenção dos alunos e transmitir ensinos de tal forma que se fixem depois de deixarem a sala de aula.

Para que isso aconteça, para que a experiência da sala de aula seja rica e efetiva, deve-se, investir no planejamento de aulas com ideias criativas.

Selecionamos algumas ideias para auxiliar os professores a revisarem seus métodos de ensino e tornar suas aulas mais interessantes e atrativas. Confira!

Passos para fazer um plano de aula

plano_de_ensino

Como você bem sabe por experiência, o planejamento consiste em 5 etapas fundamentais:

  • Introdução
  • Objetivos
  • Metodologia
  • Materiais
  • Avaliação

Abordamos aqui no Canal do Ensino, cada um desses passos e explicamos com detalhes como você pode fazer um plano de aula efetivo e em pouco tempo.

Se você é professor de educação infantil irá gostar destas ideias.

Considerando que você domina estas 5 etapas essenciais, vamos enriquecer o planejamento de aulas com ideias mais criativas?

Ideias criativas para enriquecer o planejamento de aulas

1 – Atividades de aquecimento

Você pode incluir no início da sua aula uma atividade de aquecimento de várias formas, desde que, não ultrapasse mais que 5 minutos.

Pode usar esse momento para os alunos organizarem os materiais que serão utilizados em aula. Use esse momento também para resgatar lições anteriores, considere que sessões de aprendizagem espaçadas ao longo de uma série de dias e semanas, vão ajudar os alunos a memorizarem e fixarem o aprendizado.

Dê oportunidades para seus alunos exporem seus trabalhos e pesquisas na sala de aula aos demais colegas, você pode sortear algum neste momento já que é curto.

2 – Atividades para fazer a introdução da aula mais criativa

Inclua no seu plano de aula, atividades que vão tornar a lição mais atrativa para seus alunos.

Dependendo da complexidade do tema ou quantidade de novos conceitos que serão inseridos na aula, a introdução pode levar algum tempo, mas, na maioria dos casos, cerca de 10 a 15 minutos são suficientes.

Você pode introduzir contando uma história cativante que se relaciona aos tópicos que irá trabalhar em aula, ou até mesmo usando reportagens de fatos reais, biografias por exemplo, contando curiosidades de um personagem histórico, essa pode ser uma forma de introduzir a lição e depois a sequência de tópicos da sua apresentação.

Outra ideia criativa é usar a técnica brainstorming para os alunos exporem suas ideias sobre o tema proposto, criar situações hipotéticas para que os alunos contextualizem os problemas e comecem a pensar em soluções,isso pode abrir novas formas de aprendizado e você poderá se surpreender logo no início da aula!

3 – Prática

Depois de introduzir o tema e abordar conceitos e teorias, planeje atividades em que os alunos aprenderão com experiências que contextualizem os conceitos. Essas atividades podem durar cerca de 10 minutos.

Relacionar e demonstrar através de situações da vida real, tornará a matéria fácil de ser compreendida. Isso despertará o interesse e tornará os alunos mais empolgados em aprender sobre aquilo e os envolvem na dinâmica da aula.

4 – Inclua atividades de produção

Nesta etapa do seu plano de aula, inclua atividades em que os alunos produzam materiais por conta própria. Ao invés da leitura de frases, talvez tenham que responder perguntas abertas ou fazer suas próprias frases.

Atividades mais longas, como jogos de tabuleiro, que podem ser jogados em grupos ou duplas, ou atividades onde os alunos trabalhem em equipe também podem ser incluídas no seu plano de aula.

Inclua além dos jogos divertidos outras formas de exercícios visuais, que irão excitar a concentração e atenção dos alunos e capturar seu interesse.

Inclua aspectos da criatividade para todas as disciplinas, seja matemática, ciência ou história.

Certifique-se de fornecer oportunidades suficientes para que seus alunos, realmente se utilizem de vários recursos interessantes para facilitar o processo de aprendizagem e aprendam “colocando a mão na massa”. Planeje atividades de produção com vários estilos de aprendizagem (visual, auditivo, tátil ou uma combinação deles).

Se houver uma atividade onde você planeja fazer perguntas aos alunos para que eles usem o tempo produzindo suas respostas, anote as perguntas que você pretende fazer e inclua no seu plano de aula.

Incentive a autonomia, se você simplesmente dá aos alunos as respostas para todas as perguntas, eles não estarão motivados a encontrar soluções por conta própria. Incentive-os a trabalhar sozinhos com os recursos que você forneceu e apenas pedir ajuda caso não consigam avançar.

Nestas atividades procure ajudar os alunos a identificar e trabalhar para atingir seus próprios objetivos educacionais nos projetos e tarefas produtivas que você incluiu na aula.

Se você é professor de educação infantil, explore esses 30 sites que selecionamos com atividades gratuitas. Isso irá facilitar e muito o seu planejamento de aulas para as crianças. Você também pode utilizar brinquedos educativos na sala de aula para que as crianças aprendam brincando!

Neste outro artigo você encontra 5 formas de deixar a aula mais divertida.

5- Inclua no seu plano de aula atividades criativas de revisão

Inclua uma atividade de cinco minutos para o final da aula como uma revisão ou use para despertar a curiosidade para a próxima lição.

Esse momento também pode ser usado para oferecer feedback sobre o trabalho dos alunos e irá ajudá-los a melhorar, além de motivá-los. Quando os alunos fazem um bom trabalho, certifique-se de dizer a eles o quanto você está impressionado.

Esse momento também faz parte da avaliação de aprendizagem, você pode aplicar a avaliação formativa, verificando se o que foi proposto (isto é, os objetivos da aula) foi atingido pelos alunos, assim você pode verificar a evolução e também planejar ações para as próximas lições, reforçando conceitos ou adequando materiais.

Dicas extras

Como acontece com todo o planejamento, o formato dos planos de aula irá variar de escola para escola. Muitas instituições, principalmente as particulares, oferecem livros modelos de planos de aula, enquanto outras permitem que os professores desenvolvam seu próprio formato e modelo.

Independentemente do modelo de plano de aula, aqui estão algumas dicas extras para ser bem sucedido:

Seu plano de aula deve ser claro e detalhado o suficiente para que um professor substituto, possa ensinar seguindo o roteiro em uma emergência por exemplo. A ideia por trás de um plano de aula é que outro professor possa usá-lo e ensinar com sucesso seus alunos sem mais instruções.

Certifique-se de incluir referencias de livro ou outros materiais que está usando na lição, as instruções passo a passo para todas as atividades que pretende usar e o tempo aproximado de cada etapa da aula;

Organize sua agenda de trabalho e seu tempo. Faça o possível para trabalhar no planejamento de aulas da próxima semana, o mais tardar na quinta-feira e finalize na sexta-feira.

Você terá uma ideia de quais temas, matérias e objetivos não foram concluídos, o que precisa ser reforçado e quais as próximas atividades da escola precisam ser integradas no seu plano.

Se deixar o planejamento todo para seu final de semana, isso irá desanimá-lo e comprometer sua criatividade. Veja como pode minimizar as atividades que mais tomam seu tempo neste artigo aqui.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo