Você está aqui:Home » Livros Grátis » Diversos » 5 curiosidades sobre a Biblioteca Mário de Andrade

5 curiosidades sobre a Biblioteca Mário de Andrade

Olá, leitor!

Você conhece a Biblioteca Mário de Andrade? Ela foi fundada em 1925 e é a maior biblioteca pública do Estado de São Paulo e a segunda maior do Brasil, atrás apenas da Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro.

Além disso, a Mário de Andrade é uma das principais bibliotecas de pesquisa do país e conta com um público composto principalmente por estudantes. Para você que adora ler, nós separamos uma lista com 5 curiosidades sobre a Biblioteca Mário de Andrade. Confira!

 5 curiosidades sobre a Biblioteca Mário de Andrade

biblioteca-com-livro-emcima-da-mesa

Imagem Reprodução

 1.Primeira coleção do acervo

A Biblioteca Mário de Andrade foi aberta ao público em 1926, com o nome de Biblioteca Municipal de São Paulo, e estava localizada na Rua 7 de Abril, no prédio da Câmara Municipal. Por isso, os primeiros livros a comporem o acervo da biblioteca foram exemplares doados pela Câmara Municipal de São Paulo.

 2.Sede atual

A sede atual da biblioteca foi inaugurada em 1942, uma vez que o prédio na Rua 7 de Abril não conseguia mais comportar o acervo em expansão. O novo edifício, localizado na Rua da Consolação, no centro da cidade, foi projetado pelo arquiteto francês Jacques Pilon e levou 6 anos para ser finalizado. Sua arquitetura reflete os ideais do movimento modernista, em alta durante os anos de 1930 e 1940.

Entretanto, a nova sede não conseguiu resolver a falta de espaço e, na década de 1970, foi construído um prédio na Rua Vergueiro para abrigar uma parte do acervo. O novo estabelecimento, inicialmente chamado de Biblioteca Mário de Andrade Vergueiro, se tornou uma instituição independente e foi inaugurado em 1982 como Centro Cultural São Paulo.

 3. Quem foi Mário de Andrade

Mário de Andrade nasceu em São Paulo, em 1893, e iniciou sua carreira literária aos 24 anos, com a publicação de Há uma gota de sangue em cada poema. Contudo, foi em 1922, com sua participação na Semana de Arte Moderna e com o lançamento de Paulicéia Desvairada, que ele se consolidou no meio literário.

Além de atuar como escritor, Mário também realizou estudos sobre a formação cultural do Brasil. Na década de 1930, ele criou e dirigiu o Departamento de Cultura da Municipalidade Paulistana, que depois se tornou a Secretaria Municipal da Cultura.

Em 1960, a Biblioteca Municipal de São Paulo recebeu o nome de Biblioteca Mário de Andrade, em homenagem ao escritor e pesquisador que se destacou no Modernismo brasileiro.

 4. Coleções

Os livros da Biblioteca Mário de Andrade estão divididos em 5 coleções. A Coleção Circulante, por exemplo, contém 53 mil livros e é a única parte do acervo disponível para empréstimo. Já a Coleção de Referência conta com 3900 dicionários e enciclopédias que não podem ser retirados da biblioteca, ou seja, que devem ser consultados no local.

A Coleção de Artes, localizada na Sala Sérgio Milliet, no segundo andar da biblioteca, apresenta 28 mil livros e 10 mil periódicos, incluindo revistas, cartazes e catálogos de exposição. Já a Coleção Geral, inicialmente composta por obras sobre todas as áreas do conhecimento, hoje apresenta 200 mil livros focados em Literatura e Ciências Humanas.

Recentemente, em 2010, foi inaugurada a Coleção São Paulo, setor que reúne 2 mil obras voltadas para a história da cidade e para temas como arquitetura e urbanismo.

 5. Obras raras, Mapoteca e Hemeroteca

Além dessas 5 coleções, a biblioteca possui um acervo de obras raras, uma mapoteca e uma hemeroteca. A coleção de obras raras é composta por 40 mil livros, 20 mil periódicos e 10 mil documentos diversos, como fotografias, desenhos e cartões-postais.

A mapoteca contém cerca de 4300 atlas geográficos e 7 mil mapas. Entre estes, destacam-se os 34 mapas manuscritos de várias regiões do Brasil realizados no século XVIII e as plantas da cidade de São Paulo feitas nos anos entre 1810 e 1870.

Já a hemeroteca, espaço que abriga um conjunto de periódicos, ocupa um prédio de 16 andares localizado ao lado da biblioteca. A coleção conta com 12 mil títulos, incluindo publicações e materiais audiovisuais que abrangem desde o século XIX até a atualidade.

E então, você já sabia essas curiosidades sobre a Biblioteca Mário de Andrade? O que você achou desse post?

Boa leitura e até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo