Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » 40 dicas para quem quer fazer cursos online

40 dicas para quem quer fazer cursos online

Oi pessoal!

Há alguns anos, a ideia de fazer um curso online parecia ser a maior roubada do mundo. Além dos altos preços, a maioria dos consumidores também esperava encontrar métodos de ensino precários e falta de recursos para realmente aprender aquilo que procuravam. Hoje em dia, porém, a situação está completamente diferente. Não apenas os alunos, mas também as universidades começam a levar a sério aquilo que é considerado por muitos a maior revolução educacional dos últimos anos.

Se você está prestes a se aventurar no mundo dos cursos online ou já experiente no assunto e deseja aproveitar ainda mais todos os recursos e benefícios que a educação online pode trazer, confira 40 dicas que podem ajudá-lo:

1. Trate como uma aula real

Para aproveitar realmente tudo aquilo que um curso online tem a oferecer você deve encará-lo com a mesma responsabilidade e atenção que dedicaria a um curso tradicional. O fato de não ter professores ou colegas de sala presentes não significa que são menos relevantes, da mesma maneira como o preço do curso ou a gratuidade também não devem ser fatores relevantes para sua dedicação. Você conseguirá alcançar resultados muito melhores em seu aprendizado se tiver essa disciplina.

2. Escolha cursos que ofereçam aplicações práticas

Escolher um curso online exige tanta atenção quanto qualquer outra escolha acadêmica. O seu tempo e esforços são valiosos demais para investi-los em atividades que não trarão nenhuma aplicação prática em seu trabalho ou atividades cotidianas. Não se deixe levar pela empolgação de uma oportunidade gratuita ou a de fazer um curso internacional em uma escola renomada sem antes analisar se essas aulas serão realmente úteis no futuro. Além de evitar perda de tempo, você também estará poupando esforços e futuras decepções.

3. Aproveite certificados e reconhecimentos

A maioria dos cursos online não oferece diplomas ou outra espécie de certificação pela participação nas aulas. Por esse e outros motivos óbvios você deve aproveitar as oportunidades em que os diplomas são incluídos. Plataformas como o Coursera, por exemplo, não possuem uma regra geral para os cursos que oferecem, deixando a critérios dos professores ou universidades a opção de diploma ou não.

4. Identifique as falhas em sua educação

Antes de escolher um curso online, uma atitude esperta é identificar quais são suas principais carências educacionais e aquilo que você realmente necessita trabalhar, diferenciando os resultados daquilo que você gostaria de aprender. Se você sabe que tem dificuldades com operações matemáticas, por exemplo, procure se concentrar nesses problemas antes de tomar outros cursos que são de seu interesse particular, mas não apresentam uma demanda imediata pelos conteúdos oferecidos.

5. Faça perguntas

Os cursos oferecem uma enorme quantidade de conteúdos aos estudantes, mas isso não significa que você estará imune às dúvidas ou questionamentos. Mesmo que as plataformas sejam excelentes em suas metodologias, nenhuma prática irá substituir a presença real de um professor e a interação ao vivo com ele em sala de aula. Por conta disso, é importante que você aproveite todas as oportunidades disponíveis para resolver suas dúvidas e fazer perguntas que possam surgir durante as horas de estudo. Anote aquilo que deseja apresentar ao professor para não se esquecer de nenhum questionamento.

6. Faça as leituras

Como qualquer outra aula, os professores irão solicitar que os alunos façam leituras básicas como preparação para os estudos e aprofundamento daquilo que é visto. Essa parte do curso não é opcional ou descartável, pelo contrário, é fundamental para seu aprendizado e desenvolvimento real.

7. Use-o como complemento

É possível que um curso online não seja suficiente para atingir seus objetivos acadêmicos. Nesse caso, você deverá procurar uma opção que ofereça certificação válida em sua área de atuação. Isso não significa que você deve dispensar ou abandonar os cursos que estiver fazendo ou pretende fazer, pelo contrário, você pode usá-los como complemento para os estudos, já que oferecem conteúdos extras e perspectivas diferentes do que as vistas em sala de aula tradicional.

8. Trabalhe com outras pessoas

Mesmo que você não tenha como desenvolver relacionamentos com colegas de classe em um curso online, convide um amigo ou colega de trabalho que também deseja fazer as aulas para ser seu colega de estudos.

9. Fortaleça habilidades básicas

Um curso de arte moderna ou programação pode parecer uma ótima complementação para seu currículo. Por outro lado, aulas mais básicas podem ser muito mais úteis para sua rotina de trabalho e exigências diárias.

10. Explore alternativas de carreira

Se você sonha em mudar de carreira ou de área em sua atuação atual, um curso online pode ser o primeiro passo ideal na busca por esse objetivo.

11. Aproveite as oportunidades de emprego

Algumas plataformas oferecem parcerias com empresas para a distribuição de currículos. Um exemplo dessa iniciativa é o Udacity, que não cobra nada pelo serviço.

12. Aumente o currículo

Um dos maiores benefícios de um curso online é a possibilidade de incluí-lo em seu currículo. O nome de universidades como Harvard e Yale em seu CV pode fazer uma enorme diferença na hora da contratação.

13. Aprimore seu portfólio

Muitos cursos online irão oferecer oportunidades de aperfeiçoamento de suas habilidades práticas, o que significa que você poderá aprimorar seu portfólio com trabalhos de melhor qualidade e destaque.

14. Desenvolva habilidades de administração e negócios

Mesmo os trabalhos mais artísticos demandam certa capacidade de administração e até mesmo negociação. Independentemente do tipo de emprego em que você atua, procure desenvolver o básico de habilidades práticas como estas, já que elas farão toda a diferença em momentos decisivos para sua carreira.

15. Demonstre o que você aprendeu

De nada adianta seu esforço no curso se os resultados não puderem ser comprovados pelas pessoas que fazem diferença em sua carreira, como seu chefe ou um empregador em potencial.

16. Seja criterioso

Há centenas de cursos gratuitos disponíveis na internet, mas você não pode ser imprudente e escolher apenas pelo preço ou popularidade. Seja criterioso e saiba seus limites de tempo.

17. Fique atento às tendências

Certas habilidades e conhecimentos são extremamente populares entre os empregadores em determinado momento. Quando for escolher seu curso, opte por aquilo que é tendência em sua área de atuação.

18. Não tenha pressa

A disciplina e organização são fatores essenciais para o sucesso de seu curso, mas a flexibilidade desse tipo de aprendizagem permite que você tenha mais liberdade para aprender de acordo com o seu tempo e ritmo.

19. Faça anotações práticas para seu trabalho

Durante as aulas, busque identificar conceitos e dicas específicas que se encaixam com as demandas de seu emprego. Procure anotá-las com cuidado para que sejam úteis e bem aplicadas na hora da necessidade.

20. Encontre um mentor real

Uma boa iniciativa durante os estudos em um curso online é encontrar alguém que possa servir como um mentor real ou presencial para seu desenvolvimento. A ajuda e experiência dessa pessoa farão toda a diferença para seu desempenho.

21. Fale com o autor dos materiais ou professor

Não seja tímido. Procure conversa o máximo que conseguir com seu professor ou o criador dos materiais. Essa pessoa poderá oferecer conselhos e ajuda extra para suas necessidades.

22. Saiba os prós e contras

Não se deixe levar pela propaganda dos cursos online. Como em qualquer outra escolha importante, você deve olhar para as oportunidades de maneira crítica, optando por aquilo que seja mais conveniente e benéfico para sua carreira.

23. Procure por outros recursos

Você pode aprimorar ainda mais sua experiência educacional com outros materiais, incluindo livros e aulas aleatórias que não fazem parte do seu curso.

24. Encontre uma fonte de motivação

Seja necessidades concretas em sua carreira ou uma vontade de aprender algo diferente, é importante que você tenha uma fonte concreta de motivação para concluir seu curso online.

25. Pesquise as habilidades necessárias

O conhecimento é ótimo, mas, para a prática, certas habilidades não-teóricas são essenciais. Busque identificar e desenvolver as necessárias para que você não esteja preso apenas naquilo que leu e tenha flexibilidade para aplicar seus conhecimentos da melhor maneira possível, de acordo com as necessidades de cada situação.

26. Aprenda mais sobre informática

Mesmo que você não trabalhe na área de tecnologia, certos conhecimentos e habilidades em informáticas são essenciais. Desenvolver essas capacidades pode ser uma medida essencial para o seu sucesso profissional.

27. Compartilhe sua experiência

Como você conheceu os cursos online? Provavelmente algum amigo indicou a oportunidade para você a partir das próprias experiências, não é mesmo? Além de contribuir para o desenvolvimento de outras pessoas, você estará aumentando ainda mais seu alcance e influência.

28. Respeite seu estilo de estudo

Cada pessoa tem preferências e características específicas em seu estilo de estudo. Isso significa que algumas metodologias funcionam melhor para alguns, enquanto para outros são um completo fracasso.

29. Pesquise antes de começar

O curso pode ser gratuito, mas ainda assim exige o investimento de seu tempo e esforço. Isso significa que, se você valoriza esses dois fatores, deve pesquisar criteriosamente as opções para não cair em uma frustração facilmente evitável.

30. Avalie seu progresso

É fácil se sentir desanimado com materiais de leitura ou exercícios desafiantes. Em momentos como este, avaliar o quanto você já progrediu é uma maneira excelente de encontrar motivação e identificar possíveis deficiências que precisam ser atendidas para que você realmente se desenvolva.

31. Não deixe nada para trás

Mesmo que você esteja atrasado com os materiais do curso, não deixe nada para trás. Ignorar determinadas lições ou conteúdos pode prejudicar os resultados futuros de seu curso de maneira definitiva.

32. Pesquise, pesquise, pesquise

Nem todos os cursos, plataformas ou metodologias são boas ou compatíveis com as suas necessidades. Antes de fazer suas escolhas, procure a opinião de pessoas que já utilizaram as plataformas e como foram suas experiências.

33. Identifique o que o destaca

Em um processo seletivo, determinadas habilidades podem ser a diferença entre a contratação ou não. Um idioma estrangeiro ou conhecimentos em programação são alguns exemplos de capacidades que podem ser o diferencial que fará você se destacar entre outros candidatos.

34. Use o aprendizado para melhorar suas ideias

Se você deseja ganhar mais destaque no ambiente de trabalho ou aprimorar ainda mais aquilo que faz, use os conhecimentos adquiridos no curso para desenvolver ideias melhores.

35. Os benefícios do anonimato

Nem sempre o anonimato pode ser visto como algo ruim. Em curso online, por exemplo, ele pode proporcionar a confiança para que você assuma riscos e faça perguntas que dificilmente faria em um curso tradicional.

36. Invista horas em seus estudos

Mesmo que o curso não ofereça diplomas ou alguma forma de avaliação você deve investir horas em seus estudos fora dos momentos de classe.

37. Transforme em hábito diário

Uma das melhores maneiras de desenvolver disciplina e motivação é tornar o curso e as horas de estudo partes de sua rotina diária de atividades.

38. Refresque sua formação

Se você se formou há um bom tempo e deseja atualizar os conhecimentos e refrescar a memória, um curso online em sua área de atuação pode ser a opção ideal.

39. Use recursos online

Há muito recursos online fora das plataformas que podem ser utilizados para seu desempenho e organização. Aplicativos móveis, sites de busca e bibliotecas online são algumas das oportunidades.

40. Seja confiante

Se você não confia no curso ou no método de ensino, então dificilmente levará a experiência a sério.

Aproveite estas dicas!

Fonte: Universia Brasil

comentários (3)

  • Rosane Vieira

    Parabéns pelo artigo. Muita boa suas dicas. Os cursos online não são mais o futuro, senao que é o presente. É nossa realidade, poder ter acesso a tanta educação e cultura em nossa própria casa. Isto para mim é ótimo. Não imagino o que será daqui pra frente

    Responder
  • RITA VILA REAL

    Excelentes dicas, a organização de um tempo para o aprimoramento profissional, faz com que o aprendiz on-line desenvolva seu próprio ritmo de estudo e aprendizagem, alcançando seus objetivos com sucesso.

    Responder
  • Alan Ribeiro

    Essas dicas são perfeitas. Como foi dito no começo do artigo, realmente antes fazer um curso online parecia a maior roubada, mas hoje em dia é algo de extrema importância para aqueles que querem aprender ainda mais sobre determinado assunto ou ramo de atividade.

    Comecei um curso online há 3 anos na unip, mas tive que parar, porém percebi que é uma otima maneira de você se aperfeiçoar aindamais.

    Assim como diz a dica numero 7, use como um complemento para estudo, caso ele não corresponda todas as suas expectativas acadêmicas.

    Gostei muito dessas dicas. Deixo aqui um link util que também pode servir como complemento para aqueles que passarem por aqui: http://www.cursos2cursos.blogspot.com.br/

    Responder

Deixe um comentário para Rosane Vieira

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo