Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » 20 palavras para enriquecer o vocabulário e usar no cotidiano

20 palavras para enriquecer o vocabulário e usar no cotidiano

Olá, leitor(a)!

Conhecer uma grande quantidade de vocábulos é muito importante para se comunicar de forma precisa e expressiva. Também facilita a interpretação de textos, treina a capacidade de memorização e amplia os horizontes culturais. Por isso, no artigo de hoje, vamos trazer uma lista de palavras para ajudá-lo(a) a enriquecer seu vocabulário. Acompanhe! 

20 palavras para ampliar o vocabulário e usar no cotidiano

20 palavras para enriquecer o vocabulário e usar no cotidiano

Fonte: Reprodução

A língua portuguesa possui mais de 400 mil palavras. Certamente, é impossível conhecer todas. Entretanto, buscar novos vocábulos é essencial para ter uma comunicação mais assertiva. A leitura e a pesquisa são fundamentais nesse processo. Para iniciar a sua jornada, leia a nossa lista de 20 palavras para aprender e utilizar na rotina: 

1. Anuência

Substantivo feminino que indica permissão, aprovação, consentimento, aquiescência. 

  • Ex.: Com a anuência do chefe, a equipe prosseguiu com a operação. 

2. Diáfano

Diáfano é um adjetivo que designa algo transparente ou translúcido, através do qual é possível distinguir formas e objetos. Metaforicamente, caracteriza tanto uma pessoa muito magra, quanto algo ambíguo e inconsistente. 

  • Ex. 1: Panos diáfanos protegiam os móveis da casa durante a reforma. 
  • Ex. 2: Com a propagação das fake news, para muitas pessoas, a verdade se tornou um conceito diáfano. 

3. Diligência

É um substantivo feminino que indica cuidado, capricho, agilidade, presteza, competência. Em contextos jurídicos e militares, pode significar ações e trabalhos feitos fora do cartório ou fora do quartel. Também era usado para nomear um tipo de carruagem que transportava pessoas e bagagens. 

  • Ex. 1: Maria era uma funcionária exemplar. Sempre fazia suas tarefas com diligência. 
  • Ex. 2: No século XIX, era comum ver diligências passando pelas ruas da Europa. 
  • Ex. 3: O batalhão realizou a diligência no quartel da cidade vizinha. 

4. Fatídico

Fatídico é um adjetivo usado para anunciar acontecimentos futuros trágicos, nefastos, repletos de adversidades. Refere-se a algo ruim que não pode ser evitado. 

  • Ex.: Quando acordou, Carlota se preparou para a fatídica prova de matemática que faria na escola. 

5. Feérico

Feérico é um adjetivo usado para designar algo ou alguém que é deslumbrante e maravilhoso, tendo traços mágicos e fantásticos. 

  • Ex.: O teatro que acabei de visitar tinha uma atmosfera feérica. 

6. Ignóbil

Adjetivo de dois gêneros que caracteriza algo vil, imoral, repugnante, infame, vergonhoso. 

  • Ex.: Eu sempre admirei nosso diretor, mas a forma como ele lidou com o protesto foi ignóbil. 

7. Inescrutável

Inescrutável é um adjetivo que caracteriza algo ou alguém que não se pode escrutar, ou seja, investigar, penetrar, compreender. 

  • Ex.: Paulo nunca chorava em público. Seu rosto permanecia inescrutável mesmo nas situações mais difíceis. 

8. Inexorável

É um adjetivo de dois gêneros usado para indicar alguém severo, austero, rigoroso, que não cede à compaixão. Metaforicamente, pode se referir a algo inevitável. 

  • Ex. 1: Sabrina era inexorável com a qualidade do trabalho de seus funcionários. 
  • Ex. 2: A passagem do tempo é inexorável. 

9. Inexpugnável

Inexpugnável é um adjetivo que caracteriza algo que não pode ser vencido ou conquistado. No sentido figurado, refere-se a algo ou alguém destemido ou incontrolável. 

  • Ex. 1: Por muito tempo, Moscou foi uma cidade inexpugnável. 
  • Ex. 2: O soldado inexpugnável recebeu um prêmio por sua bravura. 
  • Ex. 3: O ódio que José sentia, mesmo depois de tantos anos, continuava inexpugnável. 

10. Ininteligível

É um adjetivo que simboliza algo difícil de compreender, que pode ser complexo, confuso ou misterioso. 

  • Ex.: A letra daquele aluno era ininteligível. Ele sempre perdia nota nas provas por conta disso. 

11. Intempérie

É um substantivo feminino que se refere a condições climáticas extremas e desfavoráveis (seca, furacão, tempestade, vendaval). Por extensão, pode ser usado em sentido figurado para indicar um acontecimento negativo, uma dificuldade. 

  • Ex. 1: As intempéries de junho atrapalharam a produção agrícola. 
  • Ex. 2: Nem sempre é fácil lidar com as intempéries da vida. 

12. Lacônico

É o oposto de prolixo, ou seja, é um adjetivo que designa falas e textos ditos de forma breve, sucinta, resumida, concisa. Sua origem é uma referência à região grega da Lacônia, onde estava localizada Esparta. Seus habitantes, acostumados à disciplina militar típica da cidade, eram famosos por se comunicarem com brevidade. 

  • Ex.: Joana foi lacônica ao explicar para seu filho como preparar o arroz. 

13. Missiva

Missiva é um substantivo feminino que representa mensagens escritas. É o mesmo que carta, epístola, bilhete. Quem escreve o recado pode ser chamado de missivista. 

  • Ex.: Minha avó trocou muitas missivas com as amigas quando era mais jovem. 

14. Premente

Adjetivo que se refere a algo que faz pressão, que comprime. Logo, também pode indicar algo que gera aflição, angústia ou que é urgente. 

  • Ex.: Por mais premente que fosse levar a esposa ao hospital, Francisco não conseguia chamar uma ambulância. 

15. Prolixo

Adjetivo usado para caracterizar textos e falas que trazem excesso de palavras, com informações desnecessárias e confusas. Logo, poderiam ter sido feitos de forma mais resumida sem prejudicar a transmissão da mensagem. 

  • Ex.: O professor dominava o tema que ensinava, mas suas explicações sempre eram prolixas. 

16. Pueril

É um adjetivo que se refere ao período da infância, a ações típicas de crianças. Por isso, também pode ser usado para caracterizar comportamentos imaturos e infantis. 

  • Ex.: Pedro é uma pessoa sensata, mas demonstra um comportamento muito pueril quando está chateado. 

17. Recôndito

Funciona tanto como adjetivo quanto como substantivo. Como adjetivo, indica algo que está escondido, que é desconhecido ou profundo. Como substantivo, simboliza um local oculto ou, metaforicamente, o interior de algo ou alguém. 

  • Ex. 1: Pensamentos recônditos costumam ser assustadores. 
  • Ex. 2: Lá, no recôndito de seu coração, Isabela sabia que amava Heitor. 

18. Remanescente

A palavra sempre traz a ideia de resto, sobra. 

  • Ex.: Pensei que tinha acabado as atividades, mas vi que ainda havia tarefas remanescentes na agenda. 

19. Tempestuoso 

Tempestuoso é um adjetivo que define algo ou alguém que produz ou está sujeito a tempestades. No sentido figurado, refere-se a algo ou alguém agitado, violento, revoltoso. 

  • Ex. 1: Por conta do vento, o mar estava tempestuoso no litoral de São Paulo. 
  • Ex. 2: Paulo tinha um comportamento muito tempestuoso quando estava triste. 

20. Veemente

Adjetivo de dois gêneros, define algo forte, intenso, enérgico, impetuoso, caloroso e audacioso. Pode ter tanto um significado positivo, indicando entusiasmo, quanto uma conotação negativa, caracterizando uma ação violenta. 

  • Ex. 1: Lúcia foi veemente quando pediu a seus alunos que fizessem as tarefas de casa. 
  • Ex. 2: João amava Clara veementemente. 

E então? Você conhece outras palavras que podem ajudá-lo(a) a enriquecer seu vocabulário e melhorar sua comunicação cotidiana? Deixe aqui nos comentários! 

No Canal do Ensino, você também encontra: 

Bom estudo e até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo