Você está aqui:Home » Cursos Grátis » Concursos Públicos » 20 desafios de todo concurseiro na preparação para a prova

20 desafios de todo concurseiro na preparação para a prova

Quais são os desafios de todo concurseiro?

Como se preparar para a prova?

Como já falamos no artigo “Passo a passo para ser um concurseiro iniciante de sucesso”, ser concurseiro ou se tornar um concurseiro não é nada fácil.

Todas as pessoas que optam por um concurso público, precisam estudar e driblar os desafios.

Desafios de todo concurseiro:

desafios-de-todo-concurseiro-na-preparacao-para-a-prova_

I. A decisão

A decisão de se tornar um concurseiro ou de almejar um cargo público normalmente são frutos das seguintes questões. Você deve estar se perguntando, mas será que é muito difícil? Será que há muitos desafios? Como conseguir um lugar ao sol?  Como se livrar da instabilidade do mercado e do desemprego?

Na verdade, a crise econômica o desemprego e a necessidade de sustentar a família levam muitas pessoas a tentarem ser um servidor público.  Muitos visam um trabalho que tenha carreia até a aposentadoria.

Outras pessoas tentam escapar do sistema financeiro das empresas que muitas vezes é instável e acabam demitindo muitos funcionários em tempos de crise. Outros imaginam que funcionário público trabalha menos e ele também gostaria de ter regalias.

A verdade é que até mesmo os funcionários públicos algumas vezes sofrem com a crise econômica. Muitas prefeituras enfrentam problemas para pagar seus funcionários, ocorrendo atrasos e perdas salariais. Porém, a maioria dos funcionários públicos não podem ser demitidos. Logo, concluem que este é o melhor caminho para escapar do desemprego.

Então de modo geral podemos afirmar que os funcionários públicos possuem uma certa estabilidade. E atende a maioria das expectativas das pessoas. O grande vilão deste sistema é a política que muitas vezes não pensa no cidadão nem tampouco nos funcionários, criando leis que algumas vezes prejudicam o funcionário. Vejamos agora os desafios.

II. Definição

Inicialmente você necessitará definir bem quais são os seus objetivos. Pense no que realmente você gosta de fazer e com o que se identifica? Lembre-se esta será uma escolha para a vida toda, refletir é fundamental. Ao menos que no meio do caminho você exonere e mude totalmente a sua vida. Como por exemplo, resolva viver em outro País.

Procure e leia atentamente os editais dos concursos. Faça uma lista dos cargos ou funções que mais lhe agrada. Verifique quais são os requisitos básicos dos cargos pretendidos. Observe se você atende plenamente estes requisitos. Veja quais são as localidades que possuem o maior número de vagas.

 

III. Concursos Nacionais

Converse com a sua família sobre as suas intenções e veja se eles estariam dispostos a mudar de residência se fosse o caso. Só procure os concursos em âmbito nacional se você está disposto a mudar de residência, de cidade ou de estado. Caso não esteja disposto ou não possa se mudar procure os editais de concurso na sua região.

O primeiro passo está tomado. Você definiu o cargo ou função e os locais que lhe agradam. Então, refine a busca para estes locais que poderá prestar as provas e se concentre nos cargos e funções deste local. Esta atitude te auxiliará a conhecer melhor as reais possibilidades de sucesso. E se por ventura não houver muitas opções até mesmo de reformular suas intenções.

 

IV. Foco

Um erro constante é a falta de foco. Toda vez que você não tem certeza do que quer ou do que irá fazer, há um gasto muito grande de energia. Ou seja, a indecisão e a ansiedade perturbam o pensamento fazendo com que você se distraia com ideias repetitivas e desconectas, não encontrando o foco para o estudo.

Você se imagina estar estudando para um cargo ou função, mas quando percebe o conteúdo programático está fora da realidade. Acaba perdendo tempo com assuntos não relevantes e não se concentra no que realmente precisa estudar.

Então siga esta dica para fugir deste erro, construa primeiramente uma agenda. Anote todos os conteúdos que você precisa estudar. Verifique os dias e os horários que você pode estudar. Neste momento você precisará fazer alguns sacrifícios, vejamos a seguir.

 

V. Organização da agenda

Esta é uma palavra mágica para concurseiro, a organização te permite verificar o que necessita estudar. Aponta o que você já estudou e lhe mostra os próximos passos.

Primeiro ponto verifique a sua agenda, você está conseguindo manter o que escreveu? Necessita constantemente de reorganizá-la, ou realocar os conteúdos em outros dias? Vejamos uma dica: Inicie pelos básicos e aumente a complexidade. Estabeleça pequenas metas, como por exemplo: gramática, inicie com a análise sintática depois vá para a morfológica.

Reserve o dia para a revisão e o fechamento dos assuntos. Isso te auxiliará a retoma-los antes da prova. Organize seu material de estudos. Coloque em uma prateleira os livros, as apostilas e cadernos, para que não fique procurando-os na hora de estudar.

VI. Organização do espaço

Além da organização da agenda você deve organizar o seu local de estudo. Limpe a sua mesa, ou escrivaninha, ou o local que você estuda. Reserve um caderno novo para as suas anotações, esta ação te facilitará encontra-las quando precisar revê-las.

Outra dica é organizar também, o seu material “web” de estudo, crie uma pasta para cada disciplina. Bem como, uma para provas e gabaritos. Se estiver com intenção de diferente Estados separe-as, pois, cada região preconiza um determinado conteúdo específico. Como também, poderá criar subpastas de acordo com os órgãos mantenedores.

 

VII. Interrupções

Você está estudando, seu whatsApp toca, você pensa? É urgente preciso ver imediatamente, ou deixa, quando terminar de estudar eu vejo. O seu facebook não para seus amigos, colegas e parentes são muito ativos e fazer postagens constantemente.

Você tem um plano ilimitado de minutos frequentemente recebe ligações e conversa com todos a todo momento. A dica é desativar o toque e os alertas de mensagem. Isso mesmo ative o não perturbe.

]

VIII. Concentração

É fundamental um ambiente livre de barulho para realizar um bom estudo. Bem como, se manter a rotina de estudo não importando o que acontece ao seu redor. Evite locais barulhentos ou com um grande fluxo de pessoas.

A atenção e a concentração são fundamentais para ativação da memória de longo prazo. Sem elas você não se lembrará do que estudou. Procure serenar sua mente e focar no que está estudando para obter melhores resultados.

 

IX. Convites de amigos e familiares

Como relatamos no foco, um dos maiores desafios de todo concurseiro é a rotina de estudo. Seguir criteriosamente a agenda não é uma tarefa fácil. Você necessita de muita determinação para poder driblar os convites ou reuniões supérfluas.

Vejamos alguns exemplos de convites de amigos e familiares que não podemos evitar:

  • aniversários de ente querido ou do seu melhor amigo;
  • almoço ou jantar de comemoração de uma promoção ou casamento;
  • Nascimento ou falecimento de um familiar.

Vejamos alguns exemplos de convites de amigos e familiares que podemos não comparecer:

  • um happy hour depois do trabalho ou da faculdade;
  • um churrasco e jogar conversa fora;
  • assistir uma partida de futebol ou outra modalidade de esporte;
  • aniversários de pessoas que você nem conhece.

 

X. Determinação

Neste momento você deve ter firmeza e determinação, para explicar que não poderá ir porque está estudando para o concurso. Também é necessário ter persistência, pois estes convites sempre virão no momento que você necessita estudar.

Se você realmente deseja ir bem na prova terá que sacrificar um pouco a sua vida social. Depois, de conseguir o que se deseja você retomará a sua vida normalmente. Mas lembre-se, seus amigos verdadeiros entenderão e te esperarão; os demais ficarão pelo caminho.

 

XI. Compromisso

Um desafio constante é o compromisso. Para conseguir manter a agenda de estudos e cumprir o conteúdo programático você necessitará de muito empenho e compromisso. Não se trata apenas de uma ideia de elencar os conteúdos na agenda.

Você precisa se comprometer com a sua programação para obter sucesso, ou seja, deve realizar o que planeja de forma metódica. Da mesma forma que se compromete com as pessoas e da mesma forma que espera que estas se comprometam com você.

 

XII. Metas

Muitas vezes necessitamos de motivação, principalmente quando realizamos tarefas que parecem muito difíceis. Estudar para um concurso é uma destas tarefas que necessita de compromisso e empenho. Portanto, uma dica valiosa é estabelecer pequenas metas a serem cumpridas.

Estipule um plano de recompensa, assim quando algum assunto lhe parecer muito difícil ou quando tiver dificuldade em determinado conteúdo. Você se lembrará da recompensa por ter atingido aquela meta.

Estabeleça metas de curto, médio e longo prazo. Escreva-as em uma folha e assinale ao final de cada tópico vencido. Vejamos um exemplo: Você separa duas horas para gramática e revisa os substantivos e adjetivos realizando exercícios. Ao final como recompensa terá direito a uma sobremesa depois do jantar. Mas, cuidado! Não exagere para não engordar.

XIII. Desmotivação

O estabelecimento de pequenas metas evita a desmotivação. Normalmente as pessoas no início do estudo cumprem a agenda, porém aos poucos se desmotivam e acabam se perdendo o foco. Não consegue manter o compromisso e com isso para de estudar.

A desmotivação nada mais é do que a falta de motivo para agir, ou tomar atitude ou desanimo. Sendo um conjunto de fatores que impedem que a pessoa continue estudando. Torna-se um conjunto de fatores que impedem a continuidade do estudo prejudicando o resultado final.

 

XIV. Procrastinação

Infelizmente a maioria das pessoas possuem o hábito de procrastinar. Isso mesmo, adiar ou deixar para depois o que precisa fazer. O concurseiro não deve se render a procrastinação. Não pode delongar os estudos porque a data da prova é fixada e esta não vai te esperar.

Quando transferimos os conteúdos a serem estudados para outro dia, acumulamos muito material e com isso prejudicamos o andamento do estudo.

 

XV. Dificuldades

Nossa vida é composta por desafios e dificuldades que são inerentes a nossa vontade. Quando decidimos realizar um concurso, temos que ter em mente que precisamos estudar. Não importando as condições adversas.

As dificuldades sempre existiram e sempre farão parte de nossa vida. Para vencer e conseguir passar num concurso devemos superar as barreiras.

XVI. Conflitos

Os conflitos te confrontarão a medida que não supere as dificuldades. Você terá que tomar uma decisão e superara-los sem perder o foco nos estudos. Vejamos alguns exemplos:

  • na sua vida pessoal: uma doença;
  • na amorosa: uma separação;
  • na social: o distanciamento dos amigos e colegas;
  • na profissional: uma demissão…

 

 

XVII. Gerenciamento de tarefas

Parece até uma coisa simples, mas não é o gerenciamento de tarefas é muito importante. E se torna um desafio à medida que não temos o controle sobre elas. Muitas pessoas precisam trabalhar e estudar, além de realizar as tarefas da casa.

O excesso de ações que necessita se redar de realizar podem atrapalhar a sua concentração. Durante um estudo, se recorda de algo que esqueceu de fazer. O seu pensamento perde o foco naquele momento. Uma dica é anotar tudo que precisa fazer e com isso você alivia a atividade cerebral, podendo focar melhor nos seus estudos.

 

XVIII. Personificação do estudo

Todos os seres humanos possuem características próprias. Assim, cada pessoa desenvolve habilidades e competências diversas. Alguns afirmam que gostam mais de ler, outros de escrever, outros de contar e assim sucessivamente.

Estas habilidades e competências se destacam desde a infância. Com este conhecimento você poderá personificar o seu estudo. Revise o que sabe e reserve mais tempo para as disciplinas que tem maior dificuldade.

 

XIX. Revisão

Outro desafio é a sistematização da revisão. Retome sua agenda de estudos, defina um dia para realizar a revisão dos conteúdos estudados. Lembrado de nossa dica, utilize um caderno especifico para fichamentos e anotações isso te facilitará a revisão e posteriormente a retomada dos conteúdos antes da prova.

 

XX. Rotina de estudo

Outro desafio de todo concurseiro é a rotina de estudo. O concurseiro precisará valorizar esta rotina para conseguir mantê-la. Se tornará mais fácil a medida que as pessoas ao se redor verificarem que você está mesmo envolvido. E que não abre mão de seu tempo de estudo.

Veja o infográfico sobre 20 desafios de todo concurseiro na preparação para a prova

20 desafios de todo concurseiro na preparação para a prova

Boa sorte e até a próxima!

comentários (1)

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo