Você está aqui:Home » Dicas » Pais e Filhos » 11 maneiras de pais e filhos aprenderem juntos

11 maneiras de pais e filhos aprenderem juntos

Aprender com os filhos é uma ótima oportunidade para melhorar o seu conhecimento e se aproximar da rotina da criança

Olá, pais!

No início desse ano, a marca de canetas e lápis BIC lançou uma campanha de publicidade que trouxe a tona um tema de extrema importância: a educação. Mais do que falar da importância de estudar, o vídeo pretendia mostrar às famílias uma coisa que as escolas há muito tempo tentam explicar: pais e filhos que estudam juntos, aprendem juntos.

As mudanças do mundo são velozes e passam em um piscar de olhos. O que foi aprendido ontem, amanhã não será da mesma forma e, por isso, é preciso ir se adaptando da melhor maneira possível. Estudar junto com os filhos faz com que as crianças se sintam mais encorajadas na hora da prova e engajadas no processo escolar, mas também permite que os pais aprendam temáticas novas ou, simplesmente, descubram outras formas de olhar um determinado assunto.

O aprendizado é uma via de mão dupla, com doação e recebimento. O compartilhamento das histórias, do ensino e da leitura, por exemplo, faz com que os horizontes se abram e que o entendimento de determinados assuntos seja mais claro e mais fácil. Separamos abaixo, algumas formas de como pais e filhos podem aprender juntos:

  1. Leitura conjunta. Você pode ter lido diversas vezes o mesmo livro, mas ao ler com o seu filho, pode ter uma visão diferente e até mais correta da história. Ele, por sua vez, pode compartilhar com você o entendimento de um novo mundo.
  2. Estudar junto. A lição de casa é sempre um sofrimento para qualquer criança, por isso, estude com o seu filho e incentive-o. Faça com que ele tenha novas descobertas e aproveite para melhorar o seu entendimento de matemática, gramática etc.pai-e-filho-felizes
  3. Visita a museus. Ir a museus é entrar de cabeça na história e aprender sempre um pouco mais. São lugares interessantes para se divertir e conhecer a história de uma forma diferente e dinâmica.
  4. Vídeos no Youtube. Sim, ver vídeos na plataforma é super útil para complementar os estudos. Palestras são ótimas para entender sobre determinados assuntos, assim como vídeo aulas que são encontradas facilmente na internet e intensifica o conhecimento.
  5. Assistir a documentários. Especialmente se você tem filhos mais velhos, essa é a melhor forma de conhecer um pouco mais sobre algumas culturas ou assuntos, pois o aprendizado é facilmente assimilado em filmes deste tipo
  6. Ir a saraus. Ao contrário do que se imagina, os saraus ainda são comuns em bibliotecas e centros culturais. Com poesias, leituras e música, esses eventos são ótimos para aprender de uma maneira descontraída.
  7. Esporte em conjunto. Invista em alguma modalidade de esporte para fazer com o seu filho. Ele provavelmente terá mais facilidade e vai adorar te ajudar e aprender junto com você e opções de esportes não faltam: caminhada, futebol, basquete, entre outros.
  8.  Aulas de idiomas. Sempre quis fazer inglês e arranjava desculpas para fazer? Aproveite que o seu filho precisa treinar a língua e comece a estudar com ele, assim seu filho aprende, coloca em prática seu conhecimento e pode até te ensinar.
  9. Cozinhar. Já imaginou se você e seu filho tirassem um tempo para cozinhar juntos? Esta atividade pode aproximar pais e filhos, pois é um tempo no qual a dedicação, o comprometimento e o carinho estão envolvidos.
  10. Explorar coisas. Aproveite o tempo livre e saia em busca de coisas novas com os seus filhos: visite parques, praças ou lugares convencionais. Você vai se surpreender com as descobertas.
  11. Artesanato. Faça artesanatos com o seu filho: pinturas, esculturas ou outras formas de arte. Além de aprender uma atividade manual juntos, vocês darão mais valor à reciclagem e a sustentabilidade.

Confira abaixo o vídeo da campanha idealizada pela BIC:

E você, tem o hábito de fazer atividades conjuntas com o seu filho? Nos conte!

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo