Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » 11 dicas para aumentar a produtividade no home office

11 dicas para aumentar a produtividade no home office

Olá, leitor(a)! 

Em 2020, por conta da pandemia de Covid-19, muitas pessoas foram pegas de surpresa pela adoção repentina do modelo de trabalho remoto, ou seja, o home office. De um dia para o outro, as idas ao escritório foram suspensas por tempo indeterminado e o lar passou a ser também o local de trabalho. 

Apesar do susto, esse sistema veio para ficar. De acordo com o estudo Tendências de Marketing e Tecnologia 2020: Humanidade Redefinida e os Novos Negócios, realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mesmo após a pandemia, a adoção de alguma forma de home office deve crescer 30%. 

Entretanto, sabemos que nem sempre é fácil trabalhar com eficiência em casa, ambiente que agora concentra desafios familiares, pessoais, acadêmicos e profissionais. Por isso, no artigo de hoje, vamos trazer 11 dicas para aumentar a produtividade no home office. Acompanhe! 

11 dicas para aumentar a produtividade no home office

O home office parece sedutor à primeira vista, já que traz maior privacidade, menor desgaste com deslocamento e maior flexibilidade com as demandas. Contudo, suscita muitos pontos de atenção, como o excesso de trabalho, as distrações familiares e domésticas, a falta de comunicação com os(as) colegas e o isolamento. 

Segundo uma pesquisa conduzida pela Fundação Dom Cabral, em parceria com a Grant Thornton e a Emlyon Business School, e divulgada no começo de 2021, o maior volume de horas trabalhadas foi apontado por 24% dos(as) entrevistados(as) como uma das desvantagens do home office.  

Por outro lado, 16% citaram a dificuldade de comunicação e 14% comentaram sobre a falta de equilíbrio com demandas pessoais. Para ajudá-lo(a) a superar esses desafios, listamos 11 dicas para aumentar a produtividade e o bem-estar na atuação em home office. Confira!

11 dicas para aumentar a produtividade no home office

Fonte: Reprodução

1. Crie uma rotina

Quando seguimos os mesmos hábitos todos os dias, nosso cérebro passa a realizar as atividades de forma mais rápida. Essa rotina já estava assimilada quando íamos ao escritório. Agora, precisamos criar um padrão para o trabalho em casa. 

Por isso, defina um horário para exercer suas funções profissionais, sempre o mesmo, se possível. Uma sugestão é adotar em casa o horário que você seguia no escritório. Apesar de não haver mais o tempo de deslocamento, acorde cedo. Você usará esse excedente para realizar tarefas domésticas e organizar o seu dia. 

2. Faça uma tarefa de cada vez

Por mais que realizar várias atividades ao mesmo tempo traga uma ilusão de eficiência e agilidade, esse hábito apenas aumenta o cansaço. O cérebro precisa alternar o foco com mais frequência e acaba se desgastando rapidamente. Para evitar que isso aconteça, separe os momentos de resolver problemas familiares dos de atender às demandas do trabalho. Também classifique as atividades de acordo com a urgência e faça uma por vez. 

3. Crie um planejamento

Planejar é fundamental para executar as tarefas com qualidade. Por isso, liste todas as atividades que precisam ser feitas ao longo de cada dia, organize-as em ordem de prioridade e anote o tempo que leva para realizar cada uma. Feito isso, monte seu cronograma em uma agenda ou em uma ferramenta on-line de fácil visualização, já que compilar informações de forma visualmente amigável facilita a assimilação. 

4. Defina metas

Definir metas é imprescindível para ter a sensação de dever cumprido, o que ajuda a mantê-lo(a) motivado(a). Estabeleça objetivos a curto, médio e longo prazo em relação às suas atividades e se dê uma recompensa quando atingi-los. Você pode ouvir uma música, comer um chocolate ou fazer uma pausa. 

5. Faça intervalos

Ter momentos de descanso é essencial para produzir com qualidade. Contudo, é necessário tomar cuidado para que as pausas não sejam muito longas nem façam com que você perca o fio de raciocínio. Intervalos de 10 a 15 minutos são suficientes, feitos sempre em momentos estratégicos. Você pode tomar um lanche, andar pela casa ou se levantar e se alongar. 

6. Evite distrações

Em casa, há um desafio que não havia no escritório: lidar com as demandas domésticas e familiares. Por mais que você precise lavar roupa, arrumar a cama e passear com o seu cãozinho, procure se organizar para dar conta dessas atividades fora do horário de trabalho, já que eliminar totalmente as barreiras entre a vida pessoal e a profissional não só prejudica a produtividade como também interfere no seu bem-estar. 

7. Tenha um ambiente de trabalho

Por mais que pareça confortável, trabalhar na cama não é uma boa opção para quem se distrai com facilidade. O ideal é trabalhar em um cômodo silencioso, iluminado e organizado, no qual você possa participar de reuniões e tenha ao seu dispor os materiais dos quais vai precisar ao longo do expediente. Se possível, converse com as pessoas que moram com você e peça que não entrem no ambiente enquanto você estiver em horário de trabalho. 

8. Não use pijama

Evite trabalhar de pijamaEssa vestimenta não é adequada para participar de reuniões on-line e pode impactar a produtividade, que já facilita a confusão entre lazer e trabalho, típica do home office. Acordar, tomar café da manhã, lavar o rosto e trocar de roupa antes de começar o expediente são atitudes que ajudarão a ter foco. 

9. Mantenha a comunicação

É essencial manter a comunicação com chefes, colegas, assistentes, clientes e fornecedores, até para alinhar as diretrizes de projetos e tarefas. Avise ou registre no sistema de ponto da sua empresa o horário no qual você começou a trabalhar, responda aos e-mails pendentes e, se possível, realize reuniões on-line com a câmera ligada pelo menos uma vez por semana. Elas são importantes para esclarecer dúvidas e compartilhar ideias, o que aumenta a produtividade. 

10. Encerre as atividades no fim do dia

Quando você finalizar todos os itens que precisam ser entregues naquele dia ou quando der o horário no qual você costuma encerrar o expediente, desligue o computador, apague a luz e saia do cômodo no qual você trabalha. 

Com o home office, é muito comum ficarmos 24 horas à disposição do trabalho. Entretanto, isso não pode acontecer, pois acaba levando a um esgotamento mental que interfere no bem-estar e na produtividade. Uma sugestão é marcar um compromisso no horário em que você finaliza o expediente, como uma reunião virtual com os(as) amigos(as) ou um curso on-line. 

11. Cuide-se

Por mais que cumprir as demandas do trabalho em casa seja desafiador, é essencial que você continue cuidando da sua saúde e tenha momentos de lazer. Lembre-se de consumir alimentos saudáveis, ter um sono regulado e praticar exercícios físicos. Também leia livros, veja filmes e ouça músicas que tragam satisfação e diversão. Isso é muito importante para continuar motivado(a), descansado(a) e produzir melhor. Se precisar, peça ajuda a gestores(as), colegas e amigos(as). 

Gostou das nossas 11 dicas para aumentar a produtividade no home office? Conhece mais alguma? Deixe aqui nos comentários!  

No Canal do Ensino, você também encontra: 

Bom trabalho e até logo! 

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo