Você está aqui:Home » Livros Grátis » Informática e Internet » 10 Tendências Para o E-learning em 2017

10 Tendências Para o E-learning em 2017

Olá,

O que é e-Learning? O E learning quer dizer “ electronic learning”, ou em português, aprendizagem eletrônica.  Na prática, quer dizer que você aprende determinado conteúdo através do computador. No artigo anterior, listamos para vocês os top 10 dos canais no Youtube, direcionados para a aprendizagem de português.

Essa ferramenta de aprendizagem é considerada e-learning, pois reúne todas as características de aprendizagem através do meio eletrônico, sendo um ensino a distância.

Veja 10 tendências para o e learning no ano de 2017

  • Aprendizado adaptável

Atualmente, vemos que com a expansão do aprendizado eletrônico, os conteúdos possuem linguagem diferenciada, se destacando pela facilidade que são introduzidos no meios eletrônicos.

Porém, os conteúdos tem um direcionamento para todos os públicos, envolvendo desde as pessoas leigas, até aquelas que já possuem o conhecimento, mas que pelo fato de apresentarem dificuldades, necessitam de uma nova visão para aprendizagem do conteúdo.

Com a tendência do aprendizado adaptável, a metodologia de ensino tem por objetivo trabalhar com cada aluno, de forma individualizada e priorizando as reais necessidades daquele aluno. Ou seja, direcionando todo a ferramenta de forma personalizada e única.

Dessa forma, o aprendizado será muito mais eficiente e terá um direcionamento específico, se tornando então, um professor particular para o aluno em questão.

  • Big Data

Para quem não sabe, o big data é a descrição que abrange o volume de dados que impactam negócios de empresas, no dia a dia. No quesito e-learning, o big data atua diretamente no direcionamento de projetos que favorecem o aprendizado.

Muitas empresas, quando iniciam no setor de e-learning, possuem grande quantidade de dados referente à um projeto que desejam iniciar, mas por vezes, acabam se desnorteando do objetivo.

Com a estruturação desses dados e a colocação em prática, é possível obter retorno dos alunos, no caso do processo educacional, e utilizar então para implantação de novos projetos.

  • Aula Invertida

Como o próprio nome já dá a entender é uma metodologia diferenciada na condução de uma aula.

Essa metodologia permite estabelecer um contato mais direto com o aluno. Esse contato é através do planejamento de aulas. O aluno, tem acesso à todo o conteúdo que será aprendido, antes da aula começar.

Dessa forma, o aluno pode se inteirar sobre todo o conteúdo programático, estudar antecipadamente e chegar a aula mais preparado para assimilação do conteúdo.

Permite também, que haja uma troca de informações com o professor sobre dúvidas que surjam no meio do caminho, com maior amplitude sobre o assunto.

Todo o conteúdo é disponibilizado pelo meio virtual, permitindo ainda, a inclusão de vídeos para fixação do conteúdo.

  • Aprendizado via dispositivo móvel

A tecnologia está em constante transformação, trazendo infinitos recursos para serem acessados de qualquer lugar do planeta. Esse enfoque não está mais direcionado apenas às redes sociais, mas também ao aprendizado em qualquer lugar e hora.

Para 2017, há previsão de que a taxa de utilização de dados por dispositivos móveis seja de até 13 vezes maior do que é atualmente. Ou seja, é realmente um grande avanço na facilidade de ter mais internet e com maior rapidez de acesso.

Dessa forma, o mercado de e-learning aposta suas fichas na expansão do aprendizado também através dos dispositivos móveis. Assim, o aluno tem a possibilidade de estudar por meio do celular, tablet, em qualquer hora e lugar. Sem a necessidade de esperar chegar a um local que tenha um computador.

Essa atitude se reflete diretamente no cotidiano da maioria das pessoas, a falta de tempo. Pelo fato de optarem por estudarem através do ensino à distância, nada melhor, do que proporcionar um estudo em qualquer lugar, seja trajeto para o trabalho, como até mesmo um intervalo de almoço.

  • LMS Responsivo

O LMS Responsivo (learning management system responsivo) é diretamente ligado com o aprendizado via dispositivo móvel. Isso porque, para que o aprendizado via dispositivo móvel ocorra de forma rápida e com qualidade, além do tráfego de dados utilizado pela rede móvel, é necessário um design responsivo.

Isso quer dizer que, o design será projetado para que o aluno consiga ter acesso à todo o conteúdo de modo legível, e até mesmo compatível com o celular, dessa forma, o direito da acessibilidade fica garantido por parte da empresa que disponibiliza essa ferramenta  mais no e-learning.

  • Tecnologia de Treino

É mais uma aposta no mundo do e-learning para o ano de 2017. São tecnologias que proporcionam ao aluno, uma interação mais dinâmica com o conteúdo aprendido. É através da realidade aumentada, que o aluno terá a possibilidade de se inteirar do conteúdo através de jogos virtuais, que são relacionadas à matéria estudada.

  • Cursos Automatizados

É considerada uma nova ferramenta no universo do e-learning e proporcionam uma drástica redução de custos em cursos e treinamentos online.

Oferecem temas, e demais elementos online, que também permitem a integração com outros softwares, onde estimulam a produção de conteúdo com um custo benefício muito bom.

  • Disponibilização de conteúdo offline

Além da integralização de conteúdos online em dispositivos móveis, há uma grande tendência de que essas grandes redes de educação à distância, proporcionem também conteúdos off-line.

Com o advento da tecnologia e a procura muito grande por aprendizado em meio virtual, é natural que os alunos sejam cada vez mais exigentes na busca de um conteúdo personalizado e de fácil acesso.

Dessa forma, acabam por pressionar esses grandes canais que já estão em franca expansão no mundo virtual a disponibilizarem conteúdo off-line. Assim, você consegue atrair mais o seu público alvo, fidealizando-o.

  • Engajar ainda todo o conteúdo

Além de estar presente na maioria das mídias sociais e meios de comunicação massivo, também presenciais, uma das tendências do e-learning para 2017, é o engajamento de todo o conteúdo.

O engajamento deve apresentar todas as novidades e conteúdos bem projetados para não haver uma saturação de informação e gerar desinteresse por parte do público alvo.

Para tanto, é necessário um estudo do público, quais as redes sociais mais procuradas e fazer um bom trabalho de otimização e engajamento do conteúdo nas ferramentas.

Dessa forma, será possível agregar muito valor ao negócio e estimular toda a aprendizagem desse aluno, nos diversos meios sociais existentes, para todas as plataformas mais utilizadas.

  • Transmissão de conteúdo ao vivo

Percebemos atualmente, que as transmissões ao vivo estão agregando muito valor para pessoas famosas ou até mesmo para quem não é do meio artístico.

A interação por parte do público com a pessoa em questão, leva a números altos  e consideráveis da participação desse mesmo público, que demonstra interesse.

O setor de e-learning, percebeu essa jogada estratégica e tem como forte tendência para 2017, a adesão dessa ferramenta gratuita como forma de conquistar e obter mais ainda a participação do público alvo.

As transmissões ao vivo, na sua maioria são realizadas através do Facebook, e contam com o poder de alcance a nível mundial, quando se tratam de celebridades.

Já para o ensino à distância, as pessoas que tem vínculo também com as instituições, através do Facebook, poderão agregar mais conteúdo através das transmissões online.

Permitindo assim, que a empresa estabeleça dias e horários da semana, para que interagirem com os alunos, em conteúdos de matérias específicas. É excelente para abrir um canal de dúvidas, e se inteirar ainda mais da realidade atual, muito moderna e tecnológica.

Como puderam ler acima, listamos para vocês as 10 principais tendências esperadas para o ano de 2017. Todas, tem o objetivo em comum de proporcionar uma expansão no canal de atendimento com o aluno, otimizando o estudo, e levando-o a se interessas pela filosofia didática de ensino.

Conseguimos perceber que os benefícios mais presentes são:

  • Disponibilidade de acesso ao conteúdo
  • O aluno é quem definirá seu próprio ritmo para aprendizagem
  • Conseguir saber qual o conteúdo ministrado, sem ser pego de surpresa
  • Ter a oportunidade de estudar o conteúdo proposto antes de a própria aula ocorrer
  • Atualização constante de conteúdo
  • Interação nas diversas mídias sociais existente

Se listarmos a desvantagem frente à toda tendência do e-learning 2017, é que o aluno deve ser comprometido com a aprendizagem, uma vez que ele mesmo será responsável pela aprendizagem através das ferramentas.

Percebemos então, que todo o direcionamento existente atualmente é para a melhoria do estudo como um todo.  O conteúdo pode ser aprendido de maneira mais global, mais personalizada com um professor particular, que direcionará todo o aprendizado de acordo com a necessidade de cada individuo.

Além disso, com o aumento da tecnologia,  cada vez mais as pessoas estão conectadas o tempo todo, com toda a sua vida contida em um dispositivo móvel.

Na correria do dia a dia, é muito importante realmente ocorrerem essas atualizações, pois as pessoas cada vez mais têm menos tempo para estudar em espaços físicos.

Visto que, muitas dessas pessoas trabalham o dia todo, e por vezes o local de estudo que desejam, fica com acesso restrito ou até mesmo o valor cobrado pelas instituições, realmente não cabe no orçamento.

Frente a essas questões sociais e econômicas, muitas startups entenderam a situação atual de uma grande parcela da população, e resolveram incluir a aprendizagem através do meio eletrônico.

Uma vez que o acesso é praticamente global, o aluno tem a possibilidade de estudar e objetivar um crescimento pessoal e profissional, sem a preocupação de demandar um tempo do seu dia e orçamento financeiro.

Pela necessidade de criarem ferramentas, estratégias de atenção para esses alunos, os vídeos, games interativos, são realmente uma forma bem eficaz de prender a atenção desse aluno, e ainda trazer o beneficio de uma aprendizagem totalmente diferenciada do modo convencional.

Modo esse, que exige a presença física do aluno em sala, com o professor explicando por vezes em modo que o aluno tem dificuldade de aprender e então acaba por se desestimulado, fazendo com que muitas vezes, esse aluno desista de um curso.

Com a aprendizagem em modo virtual, através do e-learning, o aluno tem a flexibilidade de procurar na internet, o conteúdo que deseja e achar vários professores, canais que forneçam o aprendizado.

Porém, caso o aluno não se adeque ou não goste da metodologia, o mesmo pode procurar outro canal, outra forma que lhe agrade e ainda, sem mexer no bolso.

Para tanto, observamos que realmente o e-learning possibilita não apenas a flexibilidade, mas também motiva o aluno a escolher o que melhor se adequa, sem a necessidade de testar o aprendizado em uma instituição ou sala, ou até mesmo conteúdos que não te favoreçam na escolha.

Acreditamos que, o e-learning realmente vai se expandir cada vez mais e trazendo inúmeras formas de disponibilização de todo o conteúdo. Sempre procurando ser de uma maneira atrativa, que atenda ao orçamento financeiro, e principalmente, seja voltado para atender todas as necessidades daquele aluno.

Entendendo ainda, que cada aluno tem uma velocidade, um tempo de aprendizado, onde ele mesmo conseguirá compreender a si mesmo. Essa ferramenta proporciona então, que o aluno possa se conhecer melhor e saber avaliar quais são os seus pontos fortes e fracos em um determinado conteúdo.

O e-learning, além de proporcionar essa descoberta própria do aluno, ainda conta com professores que tenham uma visão diferenciada da tecnologia. A visão de que a tecnologia está aqui para favorecer, estimular e objetivar todo o aprendizado de um conteúdo.

A linguagem de maneira clara, simples e objetiva é a principal ferramenta que as startups usam para atraírem os alunos para sua rede.

Tudo é feito de modo a atrair o aluno para que ele seja um aluno que tenha vontade de estudar, que se desafie e ainda, tenha todo um material completo para auxiliar nessa jornada. Não apenas o material básico, mas sim a presença de material complementar.

E muitos canais, também oferecerem playlists que contenham dicas, muito valiosas para os alunos que desejam prestar ENEM, vestibular e até concursos públicos.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2017 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo