Você está aqui:Home » Dicas » Intercâmbio » 10 países acessíveis para você fazer um intercâmbio

10 países acessíveis para você fazer um intercâmbio

O intercâmbio pode ajudar a conquistar aquele cargo tão desejado, mas ainda é sonho distante para muitos

Olá, leitores!

Viajar é sempre bom. Mas, melhor do que sair para se divertir é fazer um intercâmbio para estudar, voluntariar ou trabalhar e ter contato direto com dezenas de pessoas, culturas e idiomas diferentes.

A vontade de conhecer o mundo é grande, mas o bolso nem sempre colabora. Muitas vezes, o sonho está fora da realidade de algumas pessoas devido ao alto investimento: visto, escola, vôo, residência, gastos locais, entre outros. Tudo é cobrado e não é pouco. Para ajudar a transformar esse desejo em realidade, separamos 10 países que são acessíveis para fazer um intercâmbio.

—> Aprenda como Planejar um Intercâmbio do Zero em 3 Semanas <—

planeta-terra-mostrando-viagens

1. Malta

Pequeno e ao mesmo tempo imenso. Localizado entre a Tunísia e a Sicília, Malta é um dos menores países do mundo e um dos lugares mais lindos e exóticos que vocês pode conhecer. Repleto de praias, cavernas e igrejas, o país é uma ótima opção para quem quer gastar pouco.
Junto com o Maltês, o inglês é a língua oficial. É ideal para quem deseja aprender inglês britânico em um clima mais ameno e com um custo menor. Apesar de pouco conhecido pelos brasileiros, os europeus apostam no destino quando querem aprender o idioma devido as suas paisagens paradisíacas e o custo de vida baixo.

2. África do Sul

Depois da Copa do Mundo de 2010, a Cidade do Cabo (Cape Town) se tornou ainda mais conhecida. É o local mais procurado por quem deseja fazer um intercâmbio na África do Sul e gastar pouco. Com sua beleza natural, cheia de montanhas, é o destino certo de muitas pessoas que gostam de aventuras.

3. Canadá

Boa infra-estrutura e preço acessível. É por isso que o Canadá conquista cada vez mais intercambistas. O dólar canadense é menos valorizado que o americano – em época de crise, esse é o maior atrativo – e as cidades são agitadas. Em Toronto a vida noturna agitada permite descansar após um dia de estudo e Vancouver é para quem gosta de natureza e esportes radicais pode se divertir a vontade. Os valores variam, mas é uma boa pedida para quem quer fugir das altas taxas norte-americanas e inglesas.

4. Irlanda

A Irlanda se tornou o destino certo para quem quer preço acessível e trabalho no exterior. É possível trabalhar até 20 horas por semana em casas de família, hotéis e eventos.

5. Nova Zelândia

Fora do comum, a Nova Zelândia que antes era procurada por quem gosta de montanhas, praias e esportes radicais, hoje, é rota dos intercambistas. O destino ainda é pouco explorado e, por isso, é ideal para quem deseja voltar com o inglês super afiado.

6. Argentina

Quando o assunto é espanhol, esqueça a Espanha. Os vizinhos do Brasil contam com programas muito bons e acessíveis. É o caso da Argentina. Com cursos que vão do básico ao avançado, é possível juntar estudo e turismo, fazendo aulas intensivas por apenas duas semanas e ainda assim voltar com o espanhol em ótimo nível.

7. Peru

Com gastos muito inferiores aos cursos em Madrid ou Barcelona, o Peru oferece cursos de alta qualidade a preços ótimos. Além disso, é possível aproveitar o tempo livre para conhecer um pouco mais da cultura peruana e, claro, dos Incas.

8. Chile

Já imaginou estudar espanhol e trabalhar ao mesmo tempo? E tudo isso estando no Chile? Saiba que é possível e que o país permite que estrangeiros atuem profissionalmente em Hostels, centros de esqui, operadores de turismo e parques turísticos. O contato diário com as pessoas deve fazer com que o seu espanhol se torne ainda melhor.

9. Cuba

Estudar em Cuba é conhecer um universo completamente diferente. A política e a cultura farão com que você volte observando o mundo com outros olhos. O custo do curso é baixo, mas o valor cultural que trará na bagagem é enorme.

10. Espanha – Salamanca

Longe dos holofotes das grandes metrópoles, Salamanca é uma cidade universitária e, consequentemente, tem um custo de vida mais baixo. É possível caminhar a pé para todos os lugares e conhecer gente de todo o mundo. Por ser na Espanha, conta com cursos com valores muito acessíveis. Se você não abre mão de um país de primeiro mundo, não pense duas vezes.

E aí, gostou? Qual foi o seu destino favorito? Não se esqueça de se preparar antes da viagem.

Até mais!

comentários (2)

  • Thayna Oliveira

    Acho muito bacana esse tipo de matéria, pois intercâmbio é um assunto que muito me interessa, mas achei muito superficial o conteúdo. Poderia ter sido mencionado pelo menos o nome dos programas de intercâmbio específicos que são oferecidos em cada país citado, ou links contendo maiores informações. Dizer que tal país oferece intercâmbio a um custo baixo ou alto não ajuda muito…

    Responder
  • Fabíola

    O Chile não é nada barato…a moeda deles está muito valorizada em relação ao real. Até a água mineral custa 4x mais do que no BR. Canadá também não é barato.

    Responder

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo