Você está aqui:Home » Enem » 10 coisas que você não deve fazer na prova de Redação do Enem

10 coisas que você não deve fazer na prova de Redação do Enem

Olá, leitores!

A redação é uma das etapas mais importantes para quem vai fazer a prova do ENEM. Para muitos ela pode ser um fator decisivo, já que a sua pontuação é equivalente a um total de 20% da nota. Por isso é fundamental se preparar bastante para a redação do ENEM.

Nela os avaliadores geralmente são bastante rigorosos e muitos erros bobos podem acabar deixando a sua nota mais baixa. Neste artigo vamos dar dicas sobre 10 coisas que você não deve fazer na prova de Redação do Enem. Evitando esses erros você terá um desempenho muito melhor na prova e melhorar a sua nota.

Sem tempo de ler? Ouça o artigo, basta clicar no player abaixo!

Dez coisas para não fazer na prova de Redação do Enem

redacao-enem-dica

1 – Estar desatualizado

Apesar de não ter como sabermos com antecedência, o tema da redação do Enem sempre aborda algum assunto atual. Estar por dentro das notícias seja através da TV, jornais ou da internet é fundamental.

Em uma redação considerada ideal, o candidato deve propor uma solução viável para o problema que está sendo debatido. Soluções muito vagas ou difíceis de serem alcançadas também podem tirar pontos.

Além disso, o candidato também não pode deixar de comentar sobre as causas e consequências da situação que lhe foi apresentada. Melhor ainda se for possível se basear em estatísticas e referências, desde que sejam todas de fontes confiáveis.

2 – Fugir do tema

Por mais que pareça algo óbvio, este é um erro muito comum na Redação do Enem. Isso geralmente ocorre porque a pessoa não leu atentamente a proposta da redação ou até mesmo os artigos apresentados sobre o assunto.

Tenha cuidado para não se distrair e acabar falando muito sobre algo que não é relevante para o desenvolvimento da redação. Você pode acabar ultrapassando o limite de 30 linhas por ter perdido tempo com assuntos que no fim vão acabar te fazendo perder pontos.

E nunca leia o tema da redação com pressa, pois isso pode fazer com que você entenda coisas de forma errada e se perca durante a elaboração.

+ Conheça o Guia Prático da Interpretação de Textos para o Enem

3 – Não fazer um rascunho

Começar a redação sem nenhum planejamento ou rascunho pode ser algo muito perigoso. No fim você pode acabar percebendo que a redação não ficou do tamanho ideal ou que as ideias não estão bem organizadas, mas aí já vai ser tarde demais.

Sempre monte uma “base” do seu texto em uma folha de rascunho ou espaço em branco do caderno de questões. Faça um resumo do seu ponto de vista e dos seus argumentos e analise se eles realmente são válidos e estão bem claros antes de começar a redação final.

Se possível escreva o texto todo a lápis em um rascunho antes de passar para a folha da redação. Dessa forma você evita rasuras e a necessidade de usar corretivo.

4 – Copiar trechos dos textos apresentados

Os textos apresentados no início da redação servem apenas para apresentar melhor o assunto tratado e complementar os seus conhecimentos. A cópia de trechos destes textos, mesmo que creditadas, são consideradas um erro gravíssimo.

Se for encontrada uma cópia em uma redação, ela não será desclassificada. Porém, todo o trecho será desconsiderado, prejudicando assim a progressão do texto. Esse tipo de deslize pode acabar te fazendo perder muitos pontos.

5 – Não seguir as normas do texto dissertativo-argumentativo

No início da folha da redação, fica especificado que você deverá escrever um texto tendo como base as normas do texto dissertativo-argumentativo. Então não tente fazer nada diferente como desenvolver uma narração ou escrever um poema. Por mais que a escrita esteja correta e os argumentos sejam válidos, a redação não vai alcançar o objetivo proposto.

6 – Não ter cuidado com a letra

O candidato não precisa ter uma caligrafia perfeita com todas as letras bonitas e redondinhas, mas é fundamental que a redação do Enem esteja legível. Afinal, como um texto ilegível poderá ser avaliado?

Uma artimanha que deve ser evitada é o uso de letras muito grandes só para preencher as 30 linhas rapidamente. Geralmente é bastante perceptível quando a pessoa faz isso, e o texto ainda corre o risco de acabar ficando muito pobre em conteúdo.

Se errar alguma palavra, você poderá rasurá-la. Só tenha cuidado, pois um número grande de rasuras vai deixar a redação confusa e mostrar que você não fez um rascunho adequadamente antes de começar.

7 – Usar gírias e “internetês”

Uma das regras da elaboração de um texto dissertativo é o uso da norma culta da língua portuguesa. Não é preciso escrever um texto difícil utilizando linguagem rebuscada. A redação precisa ser simples, mas o uso de expressões como “Tipo assim”, “Fazer o que, né? ” ou “Tá ligado” não é aceito neste tipo de texto.

Fuja também do “internetês”, coisas como “vc”, “tbm” ou qualquer outro tipo de abreviação são inadequados em redações e os corretores não aceitam este tipo de erro de forma alguma.

8 – Desrespeitar os direitos humanos

Os temas propostos pelo Enem normalmente abordam problemas de relevância nacional. O candidato deve dissertar sobre o tema e propor uma solução. Porém, é importante enfatizar que essas soluções devem respeitar os direitos das pessoas independentemente de raça, credo, cultura, etc.

Redações que tem qualquer tipo de desrespeito aos direitos humanos são anuladas.

Não faça nenhum tipo de piadinha ou generalização como “todo político é corrupto” ou coisas do tipo. Esse tipo de argumento é considerado inconsistente e inválido.

9 – Não prestar atenção na gramática

A gramática é algo que também pode tirar muitos pontos em uma redação. Tenha cuidado para não omitir as preposições, não separe sujeito e verbo por vírgulas, não use a crase antes de verbos e tenha atenção aos acentos e a pontuação.

Se estiver em dúvida sobre a forma correta de escrever uma palavra, opte por usar um sinônimo. Lembre-se que os corretores geralmente são bem rígidos com erros de gramática.

10 – Não fale com o leitor

Você não pode escrever uma redação do Enem como se estivesse conversando com o leitor. Não tente dar conselhos ou fazer perguntas para quem está lendo a redação. O objetivo dela é apresentar o seu ponto de vista e argumentos sobre um assunto, e não estabelecer um diálogo com o leitor como se estivesse escrevendo para um blog.

Esses são os principais erros que você não deve cometer ao escrever uma redação do Enem. Por mais que muitos deles pareçam bobos, são erros muito comuns de serem encontrados durante a correção.

Gostou das nossas dicas? Quais as suas expectativas para o ENEM deste ano?

Boa sorte!

Deixe um comentário

© 2012-2017 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo