Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Regras para pedir um livro emprestado

Regras para pedir um livro emprestado

Olá pessoal!

Você que gosta de ler ou que precisa ler para estudar, pesquisar ou fazer algum trabalho: você gosta de emprestar seus livros? Ou você pega muito livro emprestado? Pois saiba que até para isso existem algumas regrinhas que devem ser seguidas para o bom convívio entre quem pede e quem empresta.

Emprestar um livro é, antes de tudo, um ato de desprendimento. Quem empresta uma obra literária está ajudando a difundir o conhecimento ou ao menos divertindo alguém. Existe algo de nobre em emprestar um livro. Contudo, nem sempre a recíproca é verdadeira. Muitas vezes quem pega emprestado não respeita o voto de confiança que recebeu. É muito comum que livros emprestados não retornem ou, o que pode ser até pior, retornem deformados. Há quem não se importe, mas, para os amantes da cultura, a situação é preocupante.

Isso acontece muito entre estudantes, principalmente perto da época de provas em que alguns emprestam livros com anotações para os colegas estudarem e esperam receber de volta do jeito que foi.

Então, leitores e estudantes, não seria bom que existisse como se fosse uma ética do livro, que estabeleça a etiqueta da relação entre aquele que empresta e aquele que pega emprestado? Para ajudar nesse quesito, o site da revista Bula fez uma lista de algumas “diretrizes”do que seria essa ética (válidas também para CD’s, DVD’s, HQ’s, revistas):

1 — Se pegou emprestado, devolva.

2 — Trate o livro alheio como gostaria que o seu fosse tratado. Não rasure, suje ou rasgue.

3 — Só pegue emprestado se for mesmo ler. Não jogue em um canto ou coloque em uma fila.

4 — Se perdeu, compre outro e devolva.

5 — Se pegou por impulso e sabe que não vai ler, devolva.

6 — Se vai pegar sucessivamente emprestado, está na hora de comprar seu próprio exemplar.

7 — Se for uma ferramenta de trabalho, seja rápido.

8 — Não pegue sucessivamente emprestados livros da mesma pessoa, sem devolver os anteriores.

9 — Não constranja a pessoa pedindo emprestado livros raros ou com valor sentimental.

10 — Não empreste livros que pegou emprestado.

11 — Demorar para devolver é o mesmo que não devolver.

12 — Esquecer de devolver é o mesmo que surrupiar.

13 — Não misture com seus livros.

Dependendo do livro, ele pode ser como um bem para a pessoa. Então, quando o item não é seu, todo cuidado é pouco para manter as boas relações como o dono da obra.

Cuide bem do seu livro e do livro dos outros!

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2016 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo