Você está aqui:Home » Cursos Grátis » Concursos Públicos » O que cai em concursos públicos?

O que cai em concursos públicos?

Olá leitores!

Uma tarefa difícil, que exige muito empenho daqueles que desejam obter a tão sonhada aprovação nos concursos públicos. Prestar concurso público pode não ser uma tarefa fácil, mas em tempos de crise, cargos públicos tem sido uma alternativa promissora. Quem nunca foi incentivado pela família ou pelos amigos a prestar um concurso?

Mas a grande questão é saber como se preparar e, para isso, muitas pessoas se questionam quais conteúdos serão cobrados, uma vez que os concursos de determinada área geralmente têm matérias em comum.

Edital

Apesar de ser uma leitura maçante, a principal dica para saber o que estudar é ler o edital, não existe fórmula mágica. Lá, estão todas as informações específicas sobre o que poderá ser cobrado no exame, além do conteúdo programático da área pretendida.

Resolver e analisar provas anteriores do órgão escolhido para prestar o concurso também ajuda a entender o que está sendo cobrado na área escolhida. Porém, o concurseiro deve ter em mente que questões de provas anteriores nunca são usadas novamente.

Matérias

O conteúdo de provas designadas para vagas públicas nunca é divulgado com antecedência, porém, existem algumas matérias recorrentes a quase todo concurso público, tais como língua portuguesa, informática, matemática, raciocínio lógico, direito administrativo e direito constitucional. Estas disciplinas podem (e devem) ser estudadas inclusive antes da publicação do edital, pois são exigidas em praticamente todos exames, independentemente do nível de escolaridade requerido.

Em português, os temas mais cobrados são gramática, interpretação de texto e redação. Já em matemática e raciocínio lógico, os principais temas são equações de 1º e 2º grau, razão e proporção, cognitivos lógicos e análise combinatória.

Para quase todo concurso público é exigida também uma noção mínima em informática pois seu domínio é fundamental em praticamente todas as repartições públicas.

Por fim, o direito constitucional trata da interpretação das leis da Constituição Federal – os direitos e deveres de todo cidadão – e o direito administrativo realiza um estudo das entidades e órgãos públicos e seus servidores.

Além destas disciplinas, nunca se sabe quando será cobrada uma questão de atualidades, portanto é essencial se manter informado, seja por meio de jornal, televisão, rádio, e internet, em redes sociais ou sites de notícia.

Rendimento

Para facilitar o estudo, existem alguns cursos presenciais que fornecem material e colocam o estudante em contato com disciplinas que serão cobradas no concurso público.

Por outro lado, já é possível assistir aulas sem sair de casa, por meio de cursos online. Alguns concurseiros optam por essa opção, onde podem seguir seu próprio ritmo no horário desejado e montar um cronograma que alterne resoluções de questões, livros, material em PDF e as vídeo-aulas.

A dica é experimentar as duas opções para ver com qual mais se identifica. O principal aspecto a ser identificado e levado em conta é qual opção faz o estudo render mais. Estudar em casa, fazer cursos online ou fazer um curso presencial fica a critério do concurseiro, o importante é se sentir seguro e determinado para prestar o concurso público.

Boa sorte!

Deixe um comentário

© 2012-2016 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo