Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Mentalidade inovadora: o que é e como desenvolver

Mentalidade inovadora: o que é e como desenvolver

Olá, leitores!

Responda uma pergunta: você se acha uma pessoa inovadora e criativa? Se ficou na dúvida, saiba aqui o que é uma mentalidade inovadora e como desenvolver essa habilidade em você.

Para começar, você tem que ser uma pessoa pró ativa, já que geralmente pessoas com mentalidade inovadora vão buscar soluções para os problemas apresentados. Mais que isso: vão trabalhar para que tudo seja feito da maneira mais ágil e, ao mesmo tempo, com o menor custo possível.

Mas não se preocupe se você não for assim. A mentalidade inovadora não é algo necessariamente inato e impossível de se alcançar por aqueles que não nasceram para isso. Essa é uma capacidade que, como a maioria de todas as outras, pode ser desenvolvida.

Como desenvolver uma mentalidade inovadora

Veja abaixo, três dicas essenciais para quem quer ser mais criativo e inovador:

Amplie seus horizontes

Nossa capacidade de enxergar alternativas e desenvolver soluções está intrinsecamente ligada ao conhecimento que temos do mundo. Desde a escola, somos instruídos a escolher algo de que gostamos e nos dedicarmos a isso. Na faculdade, isso é ainda mais forte, devido às preocupações com as demandas do mercado de trabalho. Essa mentalidade, no entanto, precisa ser superada. Principalmente se você quiser assumir uma postura inovadora diante do mundo. Não se espante se a grande ideia para o software de gestão financeira que você está desenvolvendo vier da página de um romance ou das luzes no palco de uma peça de teatro que você foi ver.

Ou seja, conheça o mundo, leia, veja, pesquise, se interesse por coisas que não são da sua área e amplie seus horizontes.

Compartilhe ideias

Não tenha medo de parecer tolo ou, pelo contrário, sua ideia ser tão boa que alguém possa roubá-la. Compartilhe o que você está pensando e aceite sugestões e críticas. Muitas vezes, você está no caminho certo, mas precisa de um empurrãozinho para continuar a caminhada. E isso pode vir de uma conversa com um amigo, um colega de trabalho, sócio ou mesmo um desconhecido.

Acredite

Outro fator importante para inovar é ter a capacidade de acreditar em si. Somente com essa crença primordial você vai dar aquele primeiro passo em busca de algo novo. É preciso acreditar que as coisas vão dar certo para poder tentar. Até o erro, inclusive, depende disso. E errar é um aspecto fundamental da busca pela solução perfeita.

Com essas dicas e a sua força de vontade de querer mudar, sua mentalidade inovadora e sua criatividade vão brotar sem esforço.

Até mais.

comentários (1)

  • Sandra Margareth B. de Abreu

    Sou professora, e utilizo demais a tecnologia com meus alunos…apesar de ser da época em que mal se tinha uma televisão, fico extasiada com o avanço tecnológico, com a diversidade de informações e a velocidade com que acessamos. Acho que ainda tenho muito que aprender com essa “onda”.

    Responder

Deixe um comentário

© 2012-2016 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo