Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Dicas para escrever mais rapidamente o que está na lousa

Dicas para escrever mais rapidamente o que está na lousa

Olá!

Seja para anotar algo importante que o professor colocou na lousa durante a explicação ou copiar todo o conteúdo antes que ele seja apagado, escrever de forma mais rápida não é muito difícil. Você pode utilizar um sistema de escrita para fazer isso ou pode aprender a como organizar o seu tempo.

Veja abaixo algumas maneiras de escrever com mais eficiência o que está na lousa. Essas dicas servem tanto para esse fim, quanto para inúmeras outras coisas que envolvam a escrita.

Uso de Palavras-Chave

Se você tiver uma boa memória, utilize palavras-chave em vez de ficar tentando escrever palavra por palavra ao anotar algo. Depois, veja se isso faz sentido para você, pois caso não consiga entender em seguida, não valerá a pena.

Uso de Símbolos

Crie símbolos para certas palavras. Provavelmente, você já fez isso, usando “vc” para dizer “você” ou usando “+” para dizer “mais”. Continue fazendo isso e não importa o que você esteja fazendo, pois você irá acabar utilizando algumas palavras bem mais do que outras.

Caso você esteja escrevendo para você mesmo, procure usar símbolos fáceis de memorizar e use toda a sua criatividade. Um bom exemplo é usar o símbolo “θ”, presente no alfabeto grego, para querer dizer a palavra “celular”, porque o desenho acaba por lembrar um celular.

Os símbolos que você for utilizar devem ser como as letras do nosso alfabeto: rápidas e fáceis de serem escritas. Se você, ao escrever qualquer símbolo, demorar mais tempo do que leva para escrever qualquer palavra completa, é importante que você simplifique esse símbolo.

As letras de alfabetos de outros idiomas, como foi citado o “θ” mais acima, são ótimos para serem utilizados como símbolos. É bom que você guarde todos eles, por eles poderem ser bem úteis mais pra frente.

E caso você esteja anotando coisas para que outras pessoas possam entender, procure utilizar símbolos que são fáceis de ler e de entender. Por exemplo, um “X” com um circulo em volta, indica negação ou proibição, é bem fácil de ser compreendido.

Aprenda um sistema de taquigrafia

Essa é uma das melhores maneiras para se escrever mais rápido. Ao utilizar a taquigrafia, a velocidade de sua escrita pode chegar até 200 palavras escritas por minuto, se você treinar bastante. Se você não tiver tempo de aprender algum sistema que seja não simbólico, um sistema mais fonético pode aumentar sua velocidade de escrita entre 60 e 100 palavras por minuto.

O sistema Gregg baseia-se metade na fonética, metade na ortografia. Ele usa diferentes linhas e figuras para dar significados a letras e palavras. Esse sistema é considerado o melhor sistema para escrever em ditados.

O sistema de taquigrafia de Pitman é um sistema baseado, totalmente, na fonética. Por exemplo, em palavras que possuem letras com a mesma pronuncia, como as palavras “zebra” e “casa”, onde as letras “s” e “z” possuem o mesmo som, elas serão representadas por um símbolo igual para ambas. Pitman usa barras, curvas e pontos para poder representar os sons das palavras.

O chamado “Speedwriting” é um sistema baseado na fonética, que procura condensar as palavras e não escreve as letras mudas. Utiliza-se de símbolos e letras para poder representar os sons das palavras, sendo considerado duas vezes mais rápido do que escrever as palavras por extenso.

Até a próxima e boa escrita!

Deixe um comentário

© 2012-2016 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo