Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » 5 erros mais comuns ao escrever redações

5 erros mais comuns ao escrever redações

Olá Leitores,

Escrever de forma excelente se resume ao grande desafio para a maior parte dos estudantes. E a construção de bons textos, redações em vestibulares, que consigam determinar a comunicação entre escritor e leitor de forma eficaz e sem mal entendido, sem erros, nem sempre é tarefa fácil.

É comum ouvir que para boa escrita é fundamental anteriormente ser um bom leitor. Os que leem mais têm horizontes ampliados, entendem novas possibilidades de escrita, e conhecem tipologias e gêneros textuais criando bagagem, fatores que ajudarão no momento da organização das palavras no papel.

Na sequência estão 5 erros mais comuns em redações de vestibulares, que podem ser solucionados com paciência e dedicação. E para acertar é interessante atenção com os próprios erros, e mais importante, corrigir os mesmos.

1 – Uso de gírias

A língua portuguesa abrange possibilidades infindáveis. As pessoas são falantes com habilidade e então podem na maior parte das vezes estabelecerem hora certa de uso de cada um dos níveis de linguagem, transitando de modo natural entre coloquialismo e língua padrão.

A redação de vestibular requer que o candidato escolha a linguagem padrão, então expressões e gírias empregadas em casos informais da comunicação não são interessantes.

2 – Exceder e rebuscamento linguístico

Ao passo que muitos usam gírias de forma indiscriminada, outros erram com rebuscamento linguístico. É lógico que apresentar um bom vocabulário é importante na hora de escrever, porém isto não quer dizer que o candidato deva usar arcaísmos que são os termos obsoletos. A dica é optar por equilíbrio, pelas construções simples e vocabulário considerado acessível.

3 – Período longo

A escrita de texto coeso representa grande desafio. E saber utilizar de modo correto os mecanismos de coesão textual requer bom conhecimento em relação aos elementos, como sequenciação e referenciação.

A dica para evitar ambiguidades e não colocar o leitor em situação perdida é evitar períodos longos, com preferência para frases curtas, pontuando as mesmas de modo frequente.

4 – Generalização e entendimento comum

A utilização das generalizações e senso comum infelizmente é recorrente em redações dos vestibulares. Estes “recursos” são capazes de esvaziar o texto, desta forma evidenciando a pouca habilidade de argumentar do escritor.

5 – Uso incorreto de conjunções

Cada conjunção tem um significado, portanto não é interessante usar de forma aleatória. É importante que o escritor conheça o sentido de cada conjunção.

Se o escritor tiver como foco reafirmação do que foi antes expresso na redação, não usar, por exemplo, a conjunção adversativa “contudo”, que é erro recorrente em redações dos concursos e vestibulares. A dica então é escolher conjunções conclusivas como “desse modo”, “portanto”.

Boa sorte!

Cursos Online - Cursos 24 Horas

Deixe um comentário

© 2012-2017 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo